Provas com barreiras são novidades no Brazilian Athletics Tour-2012

Matheus Inocêncio / Foto: DivulgaçãoMatheus Inocêncio / Foto: DivulgaçãoRio de Janeiro - O GP Brasil/Caixa de Atletismo terá duas novidades em relação as provas já disputadas nos GPs de Belém, Fortaleza, Uberlândia e São Paulo: os 110 m com barreiras e os 100 m com barreiras, incluídos apenas na programação de domingo 20, a partir das 8:30, no Estádio Olímpico do Engenhão, no Rio de Janeiro. O GP Brasil fecha o Brazilian Athletics Tour-2012.

Os 110 m com barreiras, reservada para homens, prometem muita competitividade. Nada menos do que quatro participantes estão entre os 35 melhores do ano passado no Ranking da IAAF: o colombiano Paulo Villar (14), os norte-americanos Dominic Berger (18) e Ed Ronald Brookins (32) e o jamaicano Richard Phillips (29).

Os brasileiros vão aproveitar a prova forte para melhorar as marcas de 2012: Fábio Vaz dos Santos (13.90), Matheus Inocêncio (13.93) e Éder Antonio Souza (13.97).

"Pena que teremos os 110 m com barreiras só aqui no Rio. Eu gostaria de competir mais vezes", comentou Matheus Inocêncio, bastante animado. "Quero melhorar meu tempo e tentar o índice olímpico no Troféu Brasil."

Nos 100 m com barreiras, prova para mulheres, o destaque é a colombiana Lina Florez, 37 do mundo, com 12.94 como melhor marca. A norte-americana Nichole Denby ocupa o 47º lugar, mas correu a prova em 12.54, em 2008. Entre as brasileiras, Giselle Marculino lidera o Ranking Brasileiro, com 13.43, enquanto Maíla Paula Machado está em 3º lugar, com 13.63.