Panamericano de Triathlon traz os melhores da modalidade para Brasília

Bia Neres / Foto: Wagner AraújoBia Neres / Foto: Wagner Araújo

Brasília - Nos dias 23 e 24 de junho, a capital federal recebe o Campeonato Panamericano de Triathlon, prova chancelada pela ITU (União de Triathlon Internacional) e pela CAMTRI (Confederação Americana de Triathlon). Atletas de 17 países, incluindo o Brasil, estarão presentes no evento, que soma pontos importantes no ranking olímpico que pode levar aos Jogos de Tóquio 2020.
 
Entre os destaques internacionais estão os mexicanos Crisanto Grajares, campeão dos Jogos de Toronto 2015, e Rodrigo Gonzales, os equatorianos Elizabeth Bravo e Juan Jose Figueroa, recentemente campeã e vice-campeão da Copa Continental em Salinas (2018), e a argentina Romina Biagioli, atual campeã sul-americana da modalidade. 
 
Competindo em casa, a seleção brasileira chega com um time robusto na elite, mesclando os destaques da nova geração com a experiência de atletas consagrados no cenário nacional. São eles Manoel Messias, campeão panamericano em 2017, Luísa Baptista, líder do ranking brasileiro feminino, Vittória Lopes, vencedora do prêmio Brasil olímpico como melhor atleta de triathlon em 2017, Bia Neres, campeã da Copa Continental em Fortaleza, Diogo Sclebin e Pâmella Oliveira, representantes do Brasil na Rio2016 e em Londres2012, além de Danilo Pimentel, Kauê Willy, Anton Ruanova, Matheus Diniz, Flavio Queiroga e Clara Carvalho.
 
"As expectativas são as melhores possíveis. Teremos natação em um lago, um ciclismo bastante técnico, com muitas subidas, uma corrida rápida e um nível competitivo bem elevado. É uma grande oportunidade para pontuar no ranking olímpico. O público brasileiro é sempre muito receptivo, vibra muito, o que da um gás a mais", destaca Vittória Lopes, uma das promessas do Brasil para os Jogos de Tóquio 2020. 
 
A prova, marcada para sábado, dia 23, para as categorias Elite e Sub23, contará com um percurso de 1,5km de natação, 40km de ciclismo e 10km de corrida, passando por alguns dos principais pontos turísticos do Planalto Central, como a Ponte Juscelino Kubitschek e o Lago Paranoá.
 
Amadores também podem participar - Além da competição entre atletas de alto rendimento, o evento contará com uma prova para amadores (Age Group) no domingo, dia 24, na distância sprint (750m de natação, 20km de ciclismo e 5km de corrida). Atletas não federados podem participar, mas apenas atletas federados pontuam para o ranking brasileiro, que pode classificar para o Mundial de 2019.
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook