Ministério dos Esportes e CBC reconhecem competições organizadas pela Liga Brasileira

Atletas vinculados aos clubes pertencentes a Liga Brasileira de Polo Aquático comemoraram a decisão / Foto: Isabella Tirulli/PABAtletas vinculados aos clubes pertencentes a Liga Brasileira de Polo Aquático comemoraram a decisão / Foto: Isabella Tirulli/PAB

São Paulo - Uma grande conquista para o polo aquático nacional. O Ministério dos Esportes e o Comitê Brasileiro de Clubes (CBC), consolidado como a principal entidade de fomento à formação de atletas no Brasil, reconheceram oficialmente as competições organizadas pela Liga Brasileira de Polo Aquático (Liga PAB). 
 
A decisão do Ministério foi divulgada na última terça-feira (25) pelo coordenador geral do programa, da secretaria Nacional de Esporte de Alto Rendimento, Mosiah Rodrigues e beneficia atletas, contemplados no ‘Programa Bolsa Atleta’, que participaram de campeonatos promovidos pela Liga PAB em 2016. 
 
Segundo o documento, “os atletas beneficiados deverão apresentar declaração da entidade nacional de administração do desporto à qual é vinculado, podendo esta ser a CBDA ou a Liga PAB, desde que neste caso se observe os ditames do §6º do artigo 20 da Lei Pelé”* (artigo descrito ao final). 
 
Já em 2016 a Liga PAB solicitou ao Ministério dos Esportes apreciação de pleito, por meio do ofício (002/2016), para conceder aos jogadores inscritos os benefícios do Programa. Desde o ano passado cerca de 800 atletas já atuaram nos eventos da Liga PAB, onde mais de 60% destes recebem recursos por meio do Bolsa Atleta.
 
A Liga pretende agora realizar adesão ao Edital do Programa para contemplar atletas das equipes medalhistas em 2016, que poderão receber o benefício apenas no ano seguinte (2017) às suas conquistas, com a obrigação de se manterem em competições nacionais oficiais.
 
Já o CBC, ratificou publicamente o Edital de Chamamento de Projetos nº 7, o qual passa a beneficiar competições chanceladas por Ligas legalmente constituídas nos termos da Lei Pelé, caso da PAB. A proposta do edital prevê suporte financeiro à formação esportiva por meio de apoio a realização de competições esportivas nacionais de formação e a contrapartida de equipamentos para qualificação da prática desportiva.
 
“É com orgulho que divulgamos mais uma justa conquista. Contamos hoje com quase a totalidade de atletas do polo aquático brasileiro, dos principais clubes do país, em nossos campeonatos. Essa é uma conquista de todos”, destacou o presidente da Liga PAB, George Sanches.
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook