Grummy ajuda Brasil a ir para Mundial de Budapeste e se torna melhor jogador

Na final, que ocorreu no sábado (11), a equipe conseguiu virar um placar adverso e fechou por 6 a 5, com dois gols de Grummy / Foto: DivulgaçãoNa final, que ocorreu no sábado (11), a equipe conseguiu virar um placar adverso e fechou por 6 a 5, com dois gols de Grummy / Foto: Divulgação

Trinidad e Tobago - Gustavo "Grummy" Guimarães foi escolhido o melhor jogador da Copa UANA de polo aquático, torneio classificatório para o Campeonato Mundial de Desportos Aquáticos de Budapeste 2017, disputado em Trinidad e Tobago.
 
O atacante se destacou na campanha de cinco jogos que deu o inédito título para a seleção brasileira. Na final, que ocorreu no sábado (11), a equipe conseguiu virar um placar adverso e fechou 6 a 5, com dois gols de Grummy. 
 
"Sensação única conseguir esse título para o Brasil. O jogo foi muito difícil e só conseguimos virar o placar no último tempo. É uma nova geração começando com o pé direito, o que mostra que o trabalho está no caminho certo. O grupo inteiro está de parabéns. Temos que nos preparar ainda mais para o Mundial, que será ainda mais complicado", contou o atacante do Mataró da Espanha e também do E.C. Pinheiros. Ele é um dos três jogadores que disputaram a Rio 2016 e continuam no grupo brasileiro.
 
"Primeira vez na categoria adulta que ganho o título de melhor jogador de um torneio. Isso é reflexo do trabalho bem estruturado que tenho na carreira e fruto do meu sacrifício de jogar fora do Brasil, pois sempre é preciso evoluir", disse o atacante, que marcou 14 gols no evento.
 
Além do Brasil, participaram da Copa UANA as seleções de Canadá, Argentina e Trinidad e Tobago. A equipe de Grummy estreou batendo a Argentina por 9 a 3, depois goleou os donos da casa por 29 a 5. Na decisão do primeiro lugar do grupo, o Canadá venceu por 8 a 4. Na semifinal, uma vitória de 11 a 5 sobre a Argentina. Na final, o Brasil se vingou do Canadá com 6 a 5. A Copa UANA foi um Torneio Continental organizado pela União Americana de Natação Amadora , sob supervisão da FINA, que detém o poder sobre a modalidade polo aquático nas Américas. Os EUA não participaram, pois já estão classificados para o Mundial de Budapeste. 
 
Prêmio Brasil Olímpico - A temporada 2016 foi marcante para Gustavo Grummy, que concorre ao Prêmio Brasil Olímpico na sua modalidade. Ele deu continuidade à tradição familiar em olimpíadas. Neto de João Gonçalves, brasileiro que mais vezes participou dos Jogos (sete vezes), o jovem de 23 anos fez história ao marcar o gol da vitória do Brasil contra a poderosa Sérvia, campeã olímpica e mundial, sendo um dos destaques da melhor campanha do país nos Jogos (8º lugar). Conhecido como "Neymar" do polo aquático, o atacante tem mais de 1600 gols em 15 anos de carreira, em 2016 foi um dos artilheiros da primeira divisão do polo aquático italiano pelo Pallanuoto Trieste e no fim do ano fez sua estreia na Divisão de Honra da Liga Espanhola, defendendo o Quadis C.N.Mataró.
 
"Aquele grupo foi especial. A Rio 2016 foi o ápice do nosso trabalho. Ganhamos medalhas importantes, como a pan-americana e da Super Final da Liga Mundial. Mais do que isso, nós evoluímos como time e colocamos o Brasil como seleção de alto nível na modalidade'', disse Grummy.

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook