Com nova tecnologia, Pinheiros vai em busca do 17º título do Maria Lenk

Atual tricampeão, o Clube aproveita a competição para estrear uma nova ferramenta / Foto: Ricardo Bufolin/ECPAtual tricampeão, o Clube aproveita a competição para estrear uma nova ferramenta / Foto: Ricardo Bufolin/ECP

Rio de Janeiro – Com uma equipe composta por cerca de 70 pessoas, entre atletas e comissão técnica, o Pinheiros chega ao Rio de Janeiro para participar do Campeonato Brasileiro Absoluto de Natação, o Troféu Brasil - Maria Lenk, principal competição nacional da modalidade.
 
Considerado um dos maiores Clubes formadores e fornecedores de atletas para as delegações brasileiras, o Pinheiros é o atual tricampeão da competição e vai em busca do seu 17º título.
 
Além do título, a competição conta como seletiva para outras três competições: o Pan-Pacífico, o Campeonato Sul-Americano de Desportos Aquáticos e os Jogos Olímpicos da Juventude. A equipe azul e preta é formada por atletas que vão desde jovens promessas até nomes já consagrados, como o campeão olímpico Cesar Cielo e João Gomes Jr., Guilherme Guido, Marcelo Chierighini, Larissa Oliveira, Manuella Lyrio, Jhennifer Conceição, que são alguns dos destaques brasileiros da atualidade. O Clube ainda conta com novos reforços que chegaram este ano para compor o time, Matheus Santana, Guilherme Costa, Cassio Brito, Isabel Fagundes, Lorrane Ferreira e Thais Xavier.
 
Nova Ferramenta - Procurando sempre aprimorar suas técnicas tanto dentro, quanto fora da água, para buscar extrair o melhor de cada um dos atletas, o Pinheiros vai contar com uma equipe multidisciplinar que reúne desde técnicos e preparadores físicos, até analistas de performance. Não só nas edições anteriores, como durante todo o trabalho de preparação que é realizado no Clube ao longo da temporada, a equipe sempre utilizou recursos para captar imagens dos atletas durantes as provas/treinos para que depois juntos (técnico e atleta) pudessem analisar erros e acertos e fazerem as modificações necessárias.
 
Para este Maria Lenk, o Pinheiros traz outra novidade - a utilização de uma plataforma para armazenar os vídeos dos atletas, onde cada um deles poderão fazer o acesso ao conteúdo através de um login exclusivo.
 
“Antes nós captávamos as imagens e o atleta só conseguia assistir estes vídeos através de um computador ou televisão que deixávamos em alguma sala no hotel. Agora, com esta nova ferramenta o atleta conseguirá acessar o conteúdo de qualquer dispositivo, um celular, um tablete, entre outros. O acesso dele vai ser exclusivo, privado, então para cada atleta nós vamos disponibilizar o conteúdo que vai ser exclusivo para eles, com os vídeos dele”, explica o analista de performance Samie Elias.
 
Os vídeos ficaram armazenados no “Dartfish” e através destas análises os nadadores e seus respectivos técnicos conseguem fazer uma melhor análise e fazer as correções necessárias. Samie ainda ressalta que o Pinheiros é pioneiro neste tipo de serviço, do qual a estreia será durante o Maria Lenk, mas que deve passar a ser utilizado por todas as modalidades do Clube.
 
As competições começam oficialmente nesta terça-feira, dia 17, e vão até o sábado, dia 21, com as eliminatórias sendo realizadas na parte da manhã e as finais no final da tarde.
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook