Brasil é goleado pela Russia na estreia em Xangai | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Brasil é goleado pela Russia na estreia em Xangai

Maria Bárbara Amaro (Babi), durante a partida contra a Russia, no complexo Oriental Sports Center / Foto: Satiro Sodré/AGIFXangai – A seleção brasileira feminina de polo aquático perdeu neste domingo, dia 17 de Julho para a Rússia por 15 a 4 (BRA 1 x 6 RUS / 1 x 2 / 2 x 2 / 5 x 0) em sua estreia no 14º Mundial de Esportes Aquáticos, em Xangai. A partida foi válida pelo grupo C do Mundial, em que o time enfrenta agora a Grécia na próxima 3ª feira, 19/7, a partir das 13h30 hora local (2h30 – hora de Brasília).

O Brasil iniciou o jogo com Tess, Ciça, Zablith, Marina Canetti, Cris, Luiza e Fernanda. Logo de cara, Marina Zablith perdeu o “sprint” para ter a primeira posse de bola e após um estudo inicial de jogo, as russas começaram a marcar gols um atrás do outro. O gol brasileiro pela direita de ataque foi da capitã Cris Beer, em jogada de atleta a mais (a única a favor do Brasil em todo o jogo), quando o placar apontava 5 a 0 pra elas.

No segundo quarto, o time brasileiro marcou melhor e cresceu na partida. Marina Zablith, além de ganhar a saída de jogo, fez seu gol quando faltavam menos de dois minutos para o quarto. Logo depois, Tess fez bela defesa cara a cara com a adversária. O time se mostrou mais decidido e atento às jogadas adversárias.

O terceiro quarto foi ainda melhor para o Brasil que empatou o período em dois gols e poderia até ter vencido, num lance em que Marina Zablith, em rápido contra-ataque, perdeu um gol diante da goleira  daqueles feitos. A bola tocou na trave e voltou por trás da goleira russa. O lance enganou a todos, inclusive os responsáveis pela partida, com o locutor gritando gol e o placar anunciando o que seria o quarto gol brasileiro. Faltando dois minutos pro fim, Ciça cometeu a terceira falta grave pessoal e foi excluída da partida.

O quarto final não foi muito bom para o Brasil. A equipe cometeu erros bobos e viu as russas ampliaram o placar. Luiza Carvalho, que jogou bem, perdeu um pênalti (defesa da goleira) quando faltavam menos de 1 minuto e meio para o fim. " O primeiro quarto já era esperado, por ser o primeiro jogo e estarmos sem ritmo. Nos dois seguintes até nos surpreendemos. Treinamos muito a parte física e conseguimos ir e voltar com elas o tempo inteiro. Elas cansaram mais do que a gente. Foi uma pena não ter mantido isto no último quarto. Cometemos uns três erros bobos e elas souberam aproveitar", disse Luiza, que já pensa nos próximos jogos contra gregas e espanholas, “precisamos defender melhor o homem a menos e aproveitar mais o homem a mais. Criamos inúmeras oportunidades, o que é ótimo, mas temos que aproveitar melhor e manter o bom preparo físico”.

Todas as jogadoras brasileiras entraram na partida, com exceção da goleira Manuela Canetti. Já a Rússia utilizou suas duas goleiras. A única que não entrou foi a touca nº 2.

 Nesta 2ª feira, 18/7, acontece a estreia do masculino, com os brasileiros jogando contra a Croácia, às 13h, hora local (2h, de Brasília).

Sequencia de gols:

1º quarto = Rússia 1 x 0 (#8 Soboleva – 6’06”) / Rússia 2 x 0 (#10 Belyaeva – 5’26”) / Rússia 3 x 0 (#3 Prokoffyeva - 4’29”) / Rússia 4 x 0 (#8 Soboleva - 3’47”) / Rússia 5 x 0 (#5 Antonova - 2’09”) / Brasil 1 x 5 (#7 Cris – 1’32”) / Rússia 6 x 1 (#3 Ekaterina - ).

2º quarto = Rússia 7 x 1 (#4 Konukh - 3’45”) / Brasil 2 x 7 (#3 Zablith – 1’45”) / Rússia 8 x 2 (#6 Ryzhova - 29”)

3º quarto: Brasil 3 x 8 (#8 Luiza - 6’47”) / Rússia 9 x 3 (#8 Soboleva - 6’29”) / Rússia 10 x 3 (#10 Belyaeva - 4’12”) / Brasil 4 x 10 (#4 Marina - 2’29”)

4º quarto:  Rússia 11 x 4 (#4 Konukh - 4’42”) / Rússia 12 x 4 (#4 Konukh - 4’03”) / Rússia 13 x 4 (#10 Belyaeva - 3’10”) / Rússia 14 x 4 (# 4 Konukh - 2’13”) / Rússia 15 x 4 (#11 Ivanova - 0”55”)

Brasil = 1 – Tess Oliveira / 2 – Cecília Canetti (Ciça) / 3 – Marina Zablith (1) / 4 – Marina Canetti (1) / 5 – Mirella Coutinho / 6 – Izabella Chiappini / 7 – Cristina Beer (Cris), capitã (1) / 8 – Luiza Carvalho (1) / 9 – Fernanda Palma / 10 – Gabriela Leme / 11 – Bárbara Amaro / 12 – Gabriela Mantellato / 13 – Manuela Canetti (Manu) Técnico: Roberto Chiappini / Auxiliar-técnico: Pablo Cuesta.

Rússia = 1 – Maria Kovtunovskaya / 2 – Nadezhda Fedotova / 3 – Ekaterina Prokofyeva (2) / 4 – Sofia Konukh (4) capitã / 5 – Alexandra Antonova (1) / 6 – Natalia Ryzhova-Alenicheva (1) / 7 – Ekaterina Lisunova / 8 – Evgenia Soboleva (3) / 9 – Ekaterina Tankeeva / 10 – Olga Belyaeva (3) / 11 – Evgenia Ivanova (1) / 12 – Yulia Gaufler / 13 – Anna Karnaukh. Técnico: Alexander Kabanov.

Árbitros: Daniel Flahive (Austrália) & Radoslav Koryzna (Polônia).

Outros resultados:

Grupo A 

Holanda 7 x 7 EUA 

Cazaquistão 6 x 21 Hungria

Grupo B 

Austrália 7 x 10 Canadá

Nova Zelândia 19 x 6 Uzbequistão

Grupo C

Brasil 4 x 15 Rússia

Grécia 10 x 9 Espanha

Grupo D 

África do Sul 5 x 22 China

Itália 12 x 4 Cuba

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook