Líder da ORC Club, Orson/Mapfre busca vitória na última etapa da Copa Mitsubishi Motors

Veleiro Orson/Mapfre, comandado por Carlos Eduardo Souza e Silva, venceu quatro das cinco regatas na etapa anterior / Foto: Aline BassiVeleiro Orson/Mapfre, comandado por Carlos Eduardo Souza e Silva, venceu quatro das cinco regatas na etapa anterior / Foto: Aline BassiSão Paulo - A 4ª etapa e última da Copa Mitsubishi Motors - X Circuito Ilhabela de Vela de Oceano será realizada em dois finais de semana (27 e 28 de novembro e 4 e 5 de dezembro), em Ilhabela, litoral de São Paulo. Líder e favorito da classe ORC Club, o Orson/Mapfre, do comandante Carlos Eduardo Souza e Silva, busca nova vitória.

 

"Disputamos toda a Copa Mitsubishi na ORC Club e, desta vez, não será diferente. Vamos tentar ganhar e ficar com o título", afirmou. Um ingrediente a mais desta etapa é a 10ª Regata Volta a Ilhabela - Sir Peter Blake, marcada para o primeiro dia de disputas. Contudo, ela pode ser alterada pela comissão de regata do Yacht Club de Ilhabela para o sábado seguinte, de acordo com as condições climáticas.

"A Volta a Ilha - Sir Peter Blake é sempre um incentivo a mais. É uma regata linda e tecnicamente difícil", contou Carlos Eduardo. Entre a terceira e quarta etapas da Copa Mitsubishi, o Orson Mapfre disputou a 60ª Regata Santos-Rio e ficou na sexta posição. "Tivemos quebra de material com o vento forte, mas foi importante para manter o ritmo de competição", explicou.

Com quatro vitórias nas cinco regatas realizadas na terceira etapa da Copa Mitsubishi, finalizada no dia 25 de setembro, o Orson Mapfre chegou a 16 pontos perdidos. O barco tem concorrência do Fantasma, de Reginaldo Costa, com 30 pontos, e do veleiro Realizado (José Luís Apud), que acumula 32 pontos. Orson-Seroloco (Fábio Faccio), com 41 pontos, e Asbar II (Sérgio Klepacz), com 45, completam a lista dos cinco primeiros.

Inscrições - As inscrições devem ser realizadas nos dias 26 e 27 de novembro, na secretaria do Yacht Club de Ilhabela, com valor de R$ 80,00 por tripulante, com exceção dos mirins, que são isentos da taxa de participação.