Valdir e Joziane são os melhores na etapa final do Brazil Run Series

Valdir Oliveira, melhor brasileiro / Foto: Luiz Doro/adorofotoValdir Oliveira, melhor brasileiro / Foto: Luiz Doro/adorofoto

São Paulo - O Brazil Run Series/Circuito de Corridas Caixa encerrou sua 11ª edição neste domingo (30), diante do Estádio do Pacaembu, com disputas dignas de final de campeonato. Na elite masculina, o tanzaniano Joseph Panga voou baixo pelas ruas paulistanas para vencer a disputa com 29min56, superando o campeão da Maratona de São Paulo, o queniano Paul Kangogo, que o seguiu de perto junto com Valdir Oliveira, terceiro colocado e primeiro brasileiro. 
 
 
 
Na elite feminina, a queniana Jane Jelagat ficou a poucos segundos do recorde da etapa, com 33min55, vencendo o duelo travado com Joziane Cardoso durante todo o percurso. Joziane, vice-campeã com 34min41, foi a melhor do Brasil entre as mulheres.
 
O frio do início da manhã, em torno dos 17 graus, deixou o caminho aberto para uma corrida ainda mais veloz nos percursos de 5 km e 10 km saindo da Praça Charles Miller, em frente ao Pacaembu. Um pelotão de 4.500 competidores, segundo maior público da história do Brazil Run Series/Circuito de Corridas Caixa (a etapa de Fortaleza teve 4.800 inscritos em 2013) e o maior deste ano, confirmou a tradição da prova paulistana como uma das melhores e mais procuradas do calendário nacional. À frente deles, 44 fundistas da elite disputaram o pódio, em busca de pontos fundamentais para o ranking brasileiro de corrida de rua, na reta final da temporada.
 
O pelotão de elite masculino formou um bloco compacto até o sétimo quilômetro, quando o tanzaniano Joseph Panga tomou a dianteira. Mas o queniano Paul Kangogo e Valdir Oliveira também se destacaram do grupo principal e seguiram no seu encalço até o final do percurso, cruzando a linha de chegada com poucos segundos de diferença. "O trajeto era aparentemente mais tranquilo, mas tinha algumas subidas e descidas mais fortes. Mesmo assim, consegui impor o meu ritmo e me manter na frente", contou Joseph, que fez sua primeira prova no Brasil nesta temporada. 
 
"Quando os africanos começaram a forçar mais o ritmo e se distanciar, eu tentei acompanhar, mas a disputa estava muito forte", explicou Valdir Oliveira, melhor brasileiro na prova, já com a vice-liderança do ranking brasileiro de corrida de rua garantida. "Estou cansado, pela quantidade de corridas que venho fazendo, mas foi um bom resultado. Agora é esperar pela Volta da Pampulha (7/12)."
 
Quase recorde - Na elite feminina, a queniana Jane Jelagat conquistou sua segunda vitória no Brazil Run Series/Circuito de Corridas Caixa - a primeira foi em Brasília, no último domingo (23) - sem grandes dificuldades. "O tempo estava bom para correr, e me senti bem na disputa. Larguei na frente e consegui manter um ritmo forte até o final", explicou Jane, que cruzou a linha de chegada quase um minuto à frente de Joziane Cardoso. Ficou ainda a poucos segundos do recorde da etapa, de 33min52, marcado em 2011 pela compatriota Jacklyne Chemwek, dona de oito vitórias no Circuito.
 
Para Joziane Cardoso, a prova paulistana teve um toque de superação. A paranaense sofreu uma queda após o sétimo quilômetro, machucando o punho e a perna direitos, mas conseguiu se recuperar a tempo de ficar com o vice-campeonato, como melhor brasileira na disputa. "Assumi o segundo lugar no quarto quilômetro e fui embora. O ritmo do pelotão era forte, mas eu estava me sentindo muito bem, com uma boa velocidade. Não posso garantir que venceria a prova, mas se não fosse essa queda, teria aberto uma distância maior para as outras adversárias", contou Joziane. A fundista, que briga pelos primeiros lugares do ranking brasileiro, segue agora para as duas últimas corridas do ano, a Volta da Pampulha e a São Silvestre. 
 
Luasa Sports no topo do ranking - Para a Luasa Sports, a etapa que encerrou o Brazil Run Series/Circuito de Corridas Caixa confirmou a sua hegemonia em 2014. A equipe de Taubaté, interior paulista, disputou a prova deste domingo (30) com Sivaldo Viana já consagrado campeão brasileiro, após o 11º lugar em Brasília, no último dia 23. Líder do ranking nacional feminino, Fabiana Cristine da Silva abriu para 41 pontos de distância para a segunda colocada, Maria Regina Seguins, colega de equipe, ficando ainda mais próxima de terminar o ano com o título brasileiro.
 
"É para isso que temos trabalhado este ano inteiro, é um resultado que fomos construindo devagar, com o apoio da Caixa e a união da equipe. Eu tenho confiança de que a Fabiana será a campeã brasileira. Ninguém a segura mais, agora", garantiu o treinador Luiz Antônio dos Santos. Após a etapa de São Paulo do Brazil Run Series/Circuito de Corridas Caixa, outros 63 pontos estão em jogo, nas duas últimas corridas do ano. 
 
Quinta colocada na disputa deste domingo (30), Fabiana Cristine da Silva comemorou o resultado e o desempenho na temporada 2014. "Consegui conquistar tudo aquilo que tinha me programado para conquistar. Entrei na disputa para ficar com a liderança do ranking brasileiro, e deu tudo certo. Estou muito cansada, mas vou até o fim, agora. Só quero terminar a São Silvestre e descansar", analisou a fundista. Fabiana dividiu-se entre as provas válidas para o ranking nacional e as competições em pista, onde também teve resultados expressivos, como o vice-campeonato do Troféu Brasil nos 5.000 m. 
 
"Pegadas do Bem", legado social - O Brazil Run Series/Circuito de Corridas Caixa encerrou a temporada 2014 com um grande legado social. Por meio da campanha Pegada do Bem, arrecadou tênis para mais de 15 entidades nas cidades por onde passou, ajudando a fomentar a prática do esporte entre jovens atletas carentes. Em São Paulo, cerca de 80 pares de calçados foram entregues ao projeto Cidadão Olímpico - Correndo na Frente, coordenado em Jaú pelo medalhista olímpico Cláudio Roberto de Sousa. Foi o maior número arrecadado na primeira edição da campanha.
 
"Estou muito feliz com a quantidade de tênis arrecadados. É um estímulo importante para a garotada, para fechar com chave de ouro a temporada", destacou Cláudio. Prata nos Jogos de Sydney/2000 com a equipe do revezamento 4x100 m, o ex-velocista acompanhou a campanha de doação de tênis em cinco cidades por onde o Circuito passou, como padrinho. Também foi o padrinho em São Paulo, dando a largada e participando da premiação aos vencedores.
 
Confira o Resultado da etapa de São Paulo da Brazil Run Series / Circuito de Corridas Caixa:
 
Masculino
1. Joseph Tiophil Panga (Tanzânia/FILA/CAIXA) - 29min56
2. Paul Kios Kangogo (Quênia/FILA/CAIXA) - 30min07
3. Valdir Oliveira (Mizuno) - 30min17
4. Sérgio Celestino (Pinheiros/Asics) - 30min21
5. Justino Pedro da Silva (Cruzeiro/CAIXA) - 30min29
 
Feminino
1. Jane Jelagat Seurey (Quênia/FILA/CAIXA) - 33min55
2. Joziane Cardoso (Pé de Vento/CAIXA) - 34min41
3. Maria Aparecida Ferraz (Luasa/CAIXA) - 34min51
4. Natalia Elisante Sulle (FILA/CAIXA) - 34min59
5. Fabiana Cristine da Silva (Luasa/CAIXA) - 35min04