Seleção brasileira feminina de polo aquático sofre segunda derrota

Equipe foi batida pela Rússia por 17 a 14, nesta quinta-feira / Foto: Jonne Roriz/Exemplus/COBEquipe foi batida pela Rússia por 17 a 14, nesta quinta-feira / Foto: Jonne Roriz/Exemplus/COB

Rio de Janeiro - A seleção brasileira feminina de polo aquático sofreu sua segunda derrota consecutiva nos Jogos Rio 2016, nesta quinta-feira, 11 de agosto. O Brasil chegou a liderar a partida, mas acabou perdendo para a Rússia por 17 a 14. A brasileira Izabella Chiappini foi a artilheira do jogo com quatro gols. 
 
O time brasileiro fez 4 a 2 na primeira parcial, mas a partir da terceira, a equipe da Rússia reverteu a situação e chegou à vitória. O Brasil está em último lugar no grupo A e o próximo adversário será a Austrália, no sábado, dia 13. 
 
Iza, que é filha dos ex-jogadores de seleção brasileira Raquel e Roberto, espera mais um jogo difícil contra as australianas. "A gente esperava que ia fazer um belo jogo, que seria bem melhor, mas nos precipitamos no ataque, e a Rússia é uma equipe muito boa fisicamente e muito rápida. A Austrália também é um time bem forte. É um país que está sempre entre os três melhores, e vai ser um jogo bem difícil".
 
Diana Abla, que marcou dois gols, admite que estava acreditando na vitória brasileira após o time abrir vantagem sobre as russas na primeira parcial. "Achei que a gente ia ganhar, que ia engrenar, mas no final erramos muitos passes, tomamos contra-ataques. Isso que pesou. Mas já melhoramos bastante da primeira partida para essa. Conseguimos atacar mais, fazer mais gols, e defender melhor. Para o próximo jogo precisamos melhorar o passe e nos mexer mais na frente".

Veja Também: