Jamaicanos se destacam com ouro de Thompson e classificação de Bolt

Velocista caribenha venceu os 200m rasos, mesma prova em que o astro se classificou à final / Foto: Shaun Botterill/Getty ImagesVelocista caribenha venceu os 200m rasos, mesma prova em que o astro se classificou à final / Foto: Shaun Botterill/Getty Images

Rio de Janeiro - Festa dupla para a Jamaica nos 200m rasos do atletismo no Estádio Olímpico. Na mesma noite em que Elaine Thompson venceu a prova e conquistou seu segundo ouro nos Jogos Rio 2016, o astro Usain Bolt dominou as semifinais masculinas e liderou os classificados à final. 
 
Thompson, de 24 anos, vem sendo a principal velocista dos Jogos Rio 2016 após vencer os 100m e os 200 rasos. Nesta quarta (17), a jamaicana atropelou com o tempo de 21s78.  A medalha de prata foi para Dafne Schippers, dos Países Baixos, que marcou 21s88, e o bronze ficou com a americana Tori Bowie, que correu para 22s15. 
 
“Estou surpresa com o resultado, pois estou correndo com uma lesão no tendão. Mas às vezes é preciso superar essas coisas e estou aqui com o ouro. Vencer Schippers é sempre muito difícil”, disse a jamaicana.
 
Bolt tira o pé e vai à semifinal - Bolt também foi à pista na noite desta quarta. O jamaicano correu a segunda semifinal dos 200m rasos e marcou seu melhor tempo na prova na temporada, 19s78, mesmo nitidamente reduzindo o ritmo nos últimos metros. 
 
O jamaicano teve o melhor tempo das semifinais, seguido de perto pelo canadense Andre de Grasse, que correu em 19s80 na mesma bateria e chegou a ameaçar a vitória do astro nos últimos metros. Após a prova, Bolt brincou dizendo que o canadense não deveria ter corrido num ritmo tão forte. O americano Justin Gatlin, principal rival de Bolt, obteve o tempo de 20s13 e ficou fora da final. Agora garantido, o astro foca em quebrar seu recorde mundial na prova, de 19s19. 
 
“Eu acredito que posso quebrar o recorde. Preciso ser eficiente e fazer uma corrida perfeita, principalmente na curva. Espero estar na raia seis ou sete para correr nas condições que prefiro”, disse Bolt. 
 
A final da prova será nesta quinta (18), às 22h30. As outras decisões do dia serão os 400m com barreiras masculino e feminino, o arremesso do peso masculino, o lançamento do dardo feminino e a prova final dos 1.500m do decatlo masculino.
 
Americanas dominam outras finais da noite - Nas outras duas finais da noite, domínio absoluto das atletas americanas. Nos 100m com barreiras, o país ocupou as três posições do pódio com Brianna Rollins – ouro com 12s48 -, Nia Ali – prata com 12s59 – e Kristi Castlin – bronze com 12s61. 
 
No salto em distância, dobradinha dos Estados Unidos, com ouro para Tianna Bartoletta, com 7,17m, e prata para Brittney Reese, com 7,15m. A medalha de bronze ficou com a sérvia Ivana Spanovic, que saltou 7,08m.
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Curta - EA no Facebook