Darlan Romani bate recorde e vai à final do arremesso do peso

Arremessador marcou 20.94 m na manhã desta quinta-feira no Engenhão / Foto: Alexander Hassenstein/Getty ImagesArremessador marcou 20.94 m na manhã desta quinta-feira no Engenhão / Foto: Alexander Hassenstein/Getty Images

Rio de Janeiro - A preparação deu resultado e Darlan Romani conseguiu um grande resultado na manhã desta quinta-feira (dia 18), na pista do Estádio Olímpico do Engenhão, pelos Jogos do Rio 2016.
 
Ele precisou de apenas um arremesso, dos três a que tinha direito, para obter a classificação à final da prova, marca para esta noite, a partir das 20:30. Além disso, ele bateu seu próprio recorde brasileiro a marcar 20.94m, quatro centímetros a mais que a marca anterior, que era 20,90 m e fora alcançada em São Paulo, a 4 de abril de 2015.
 
A conquista reveste-se, ainda, de maior importância porque, desde 1936, quando Antonio Pereira Lira foi aos Jogos de Berlim, o Brasil não tinha um representante na prova masculina do arremesso do peso. Portanto, há 88 anos o País não disputa a prova, que agora ganha seu primeiro finalista entre os homens em uma Olimpíada (na versão feminina da prova, Geisa Arcanjo foi finalista em Londres 2012 e no Rio 2016).
 
Assim como Geisa, Darlan treina com o cubano Justo Navarro em São Caetano do Sul, contratado pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), graças aos recursos do patrocínio da CAIXA. "Fizemos tudo da forma adequada", disse Darlan, da BM&FBovespa e que fez os Pré-Games com a Seleção Brasileira na Comissão Desportiva da Aeronáutica, no Rio de Janeiro. "Agora vou para a Vila Olímpica, descansar e me concentrar para a final", disse o arremessador, catarinense de Concórdia.
 
No decatlo, após a sexta prova (110 m com barreiras), o brasileiro Luiz Alberto Cardoso de Araújo está em oitavo lugar, com 5.234 pontos. Ainda hoje ele completa a série de 10 provas. Ainda hoje ele faz o lançamento do disco, o salto com vara, o lançamento do dardo e, por fim, os 1.500 m, marcado para as 21:45.
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Curta - EA no Facebook