Caio Bonfim conclui marcha atlética 50km em oitavo lugar

Apesar do calor, atleta quebra o recorde brasileiro da prova / Foto: Saulo Cruz/Exemplus/COBApesar do calor, atleta quebra o recorde brasileiro da prova / Foto: Saulo Cruz/Exemplus/COB

Rio de Janeiro - Assim como havia feito nos 20km, Caio Bonfim se superou nos 50km da marcha atlética. O atleta brasiliense quebrou o recorde nacional da prova, com 3h47m02s, e terminou em oitavo lugar, a pouco mais de seis minutos do campeão, o eslovaco Matej Toth.
 
“Ser um atleta olímpico é fantástico. Consegui terminar os 50km e ainda bater a minha melhor marca. O clima estava bem quente, então estou feliz. Não sei se vou dormir hoje”, comemorou o brasileiro.
 
Após cruzar a linha de chegada, Caio ajoelhou e agradeceu pelo resultado. Até a metade da prova, ele ocupava apenas a 22ª posição. “As palavras somem nesse momento. Deus foi bondoso comigo por essa oportunidade. Quando eu tinha dois anos, minhas pernas eram tortas e eu não tinha condições de andar. Meu médico achava que, no máximo, eu seria um jogador de dominó. Consegui ser um atleta olímpico. Foi um milagre”.
 
Outro brasileiro a concluir a prova, Jonathan Rieckmann terminou na 28ª posição, com 4h01m52s. Mário José dos Santos, com problemas físicos, abandonou a disputa. Dentre os 80 participantes, 13 foram desclassificados e 19 desistiram.
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Curta - EA no Facebook