Peruanos dominam as maratonas do Pan-Americano de Lima

Wellington recebendo hidratação    / Foto: DivulgaçãoWellington recebendo hidratação / Foto: Divulgação

Lima - As maratonas feminina e masculina do Jogos Pan-Americanos, disputadas neste sábado (27/07), em Lima, tiveram um excelente nível técnico. Christhian Pacheco, do Peru, venceu com 2:10:41, seguido de José Luís Santana (MEX), com 2:10:54. Os dois atingiram o índice para os Jogos de Tóquio 2020, de 2:11:30.
 
No feminino, outra vitória peruana com Gladys Tejada, que completou os 42,195 km em 2:30:55, novo recorde do Pan-Americano. O anterior era da brasileira Adriana Aparecida da Silva, com 2:35:40, de Toronto 2015.
 
A norte-americana Bethany Sachtleben ficou com a medalha de prata, com 2:31:20 (PB), seguida da colombiana Angie Orjuela, com 2:32:27. Valdilene dos Santos Silva, do Brasil, terminou em sexto lugar, com 2:34:20, enquanto Andreia Aparecida Hessel não completou a prova.
 
No masculino, o mexicano Juan Pacheco ficou em terceiro lugar, com 2:12:10. Já o brasileiro Wellington Bezerra da Silva terminou em 10º lugar, com 2:17:33.
 
Valdilene disse após a prova que tentou correr em cima da peruana Gladys Tejada, que era a favorita. Aos poucos, porém, ela se adiantou e foi difícil manter o ritmo. Fiz uma ótima preparação e gostaria muito de ter defendido o título da Adriana Aparecida da Silva, mas não deu.”
 
Já Andreia Hessel chorou muito ao chegar à linha de chegada. “Você termina a prova e aí vem um turbilhão de ideias. Estou há 40 dias fora de casa, fazendo de tudo para buscar uma medalha. Mas aí não rende, a prova começou lenta, depois ficou rápida. Foram muitas voltas, muitas curvas”, comentou.
 
O torneio de atletismo dos Jogos Pan-Americanos recomeça no dia 4 de agosto, com os 20 km marcha atlética masculina e feminina e astros como Caio Bonfim e Erica Rocha de Sena.
 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

 
 
Curta - EA no Facebook