Franck Caldeira confirma participação na 16ª edição da Maratona do Rio

Franck Caldeira correrá determinado pelo título de campeão da maior prova de 42km realizada no país / Foto: Divulgação / COBFranck Caldeira correrá determinado pelo título de campeão da maior prova de 42km realizada no país / Foto: Divulgação / COB

Rio de Janeiro - Um dos maratonistas mais queridos do Brasil fará a sua estreia na Maratona Caixa da Cidade do Rio de Janeiro no próximo domingo, dia 3 de junho. O mineiro de Sete Lagoas correrá determinado pelo título de campeão da maior prova de 42km realizada no país. No percurso, que desfruta 100% da orla carioca , ele enfrentará grandes corredores de elite que já foram campeões da prova como o pernambucano Marco Antonio Pereira e o baiano Edmilson dos Reis Santana. 
 
Além dos brasileiros, Franck terá pela frente fortes atletas estrangeiros como o queniano Nicolas Kipkorir Chelimo.  No feminino, destaque para a participação da queniana Priscilla Lorchima que venceu a Maratona do Rio em 2016 e luta pelo bicampeonato. Além dela, a talentosa Mirela Saturnino chega forte para lutar pelo pódio. A pernambucana já conquistou o 5º. 3º e 2º lugar em ouras edições da Maratona do Rio. A categoria de elite da prova de 42km contará com 37 atletas no masculino e 18 no feminino.  
 
A Maratona do Rio acontece no fim de semana do feriado de Corpus Christi, dias 2 e 3 de junho. O evento levará 38 mil pessoas, entre amadores e profissionais, para correr na Cidade Maravilhosa. O evento, que engloba corridas de rua de 42km, 21km, 10km e 6km, uma prova infantil – a Maratoninha Gloob, e o Desafio Cidade Maravilhosa (21km + 42km), conta ainda com uma programação cultural e shows no percurso, no domingo (3).
 
“Minha relação com a prova é namoro... tudo novo. Estou conhecendo os 42km Rio. Será minha primeira participação e espero correr bem onde sempre corri. Gosto de correr na cidade do Rio de Janeiro. As paisagens, ruas, pessoas, clima, tudo isso sempre me fez sentir bem com o local. No dia 3 espero repetir com alegria um pódio como em outras provas”, empolga-se Franck.
 
Marco Antonio Pereira foi campeão da Maratona do Rio em 2009 (2h17min10) e já venceu as Maratonas de Curitiba, Londrina e Porto Alegre. Ela também é bicampeão da Maratona Mauricio de Nassau. Já Edmilson dos Reis Santanas foi campeão da prova em 2014 com o tempo de 2h17min12. Mesmo sem vitória na Maratona do Rio, o queniano Nicolas Kipkorir Chelimo tem no currículo conquistas na Maratona de Nagano, no Japão e Colônia, na Alemanha. Com importantes títulos na carreira como a medalha de ouro no Pan, vitória na São Silvestre e o tricampeonato ma Volta da Pampulha, Franck diz que se sente muito bem disposto e preparado para disputar a Maratona do Rio. O competidor falou da estratégia de treinamento que tem usado e sobre o momento que vive na carreira.
 
"O meu atual momento é bem diferente de 10 anos atrás quando venci os jogos Pan Americanos. Porém, não deixo de estar sempre preparado mesmo aos 35 anos.! Hoje percebo o quanto é importante os cuidados com a saúde, nunca esquecendo a performance. O que construí durante todo esse tempo no esporte foi muito bom, mas o esporte de alto rendimento exige que a gente esteja sempre se cuidando. Mudei um pouco me estilo de treino. Algo com mais força e técnica. Hoje o mundo inteiro usa isso. Corrida econômica e eficiência em força. Claro, agora já estou quase me retirando do esporte de alto rendimento, provavelmente esse será meu último ciclo olímpico. Então espero faze- ló com alegria", finaliza o mineiro.
 
Franck Caldeira da Expo Rio Run - Nos dias 31 de maio, 1 e 2 de junho o Rio de Janeiro, receberá importantes marcas do segmento esportivo, suplementos, nutrição, acessórios e vestuário, na Expo Rio Run. Além de grandes fornecedores do mercado de running, a maior exposição de corrida do Brasil contará com workshops gratuitos realizados por diversos especialistas. O destaque fica por conta da palestra de Franck Caldeira, um dos principais maratonistas brasileiros. A conversa acontece na sexta, dia 1º, às 14h30, com tema "Quilômetros de história". Mais de 70 mil pessoas são esperadas no evento durante os três dias de feira. 
 
Confira os campeões de todas as edições da Maratona do Rio:
 
Masculino:
2017 –  Godfrey Kipkosgey Kosgey - Quênia – 2h17min41
2016 – Elijah Kipkemei Kemboi - Quênia/Luasa Sports/Caixa – 2h17min05
2015 – Willy Kangogo Kimutai – 2h14min55 (recorde da prova)
2014 – Edmilson dos Reis Santana – 2h17min12
2013 – Giomar Pereira da Silva – 2h18min02
2012 – Willy Cangogo Kimutai – Luasa Sports – 2h14min58
2011 – Patrick Tambwe Ngoie – França – 2hh18min14
2010 – Anderson Chirchi Kiprono – Quênia- 2h19min54
2009 – Marcos Antônio Pereira – Brasil – 2h17min10
2008 – Domingos Nonato da Silva – 2h17min20
2007 – Élson Alex Gracioli – 2h18min30
2006 – José Pereira da Silva – 2h21min14
2005 – Cláudio S. Pereira da Cruz – 2h21min18
2004 – Francisco Armendes Cardoso – 2h20min44
2003 – Alex Januário de Mendonça – 2h16min39
 
Feminino:
2017 – Ednah Mukhwana – 02h38min34
2016 – Priscila Lorchima Quenia/Luasa Sports/Caixa – 2h41min23
2015 – Caroline Chemutai Komen – Quenia – 2h37min52
2014 – Ednah Mukhwana – Quenia – 2h40min32
2013 – Letay Negash Hadush – Etiópia – 2h40min18
2012 – Thabita Kibet – Luasa Sports – 2h34min41 (recorde da prova)
2011 – Kum Ok Kim – Coréia do Norte – 2h35min22s
2010 – Sirlene de Sousa de Pinho – Brasil – 2h43min15s
2009 – Marizete Rezende – Brasil – 2min42min46s
2008 – Marizete Moreira dos Santos – 2h39min09
2007 – Marily dos Santos – 2h42min16
2006 – Leone Justino da Silva – 2h49min58
2005 – Denise Paiva de Lucas – 2h49min59
2004 – Raimunda Maia B. da Fonseca – 2h57min33
2003 – Leone Justino da Silva – 2h46min54
 
Informe Maratona do Rio sobre a paralisação dos caminhoneiros
 
Estamos acompanhando os desdobramentos relativos à paralisação dos caminhoneiros e as medidas para a realização do evento estão sendo tomadas em todos os âmbitos para que a prova não sofra impactos. A organização da Maratona do Rio informa que a realização da prova está confirmada. 
 
Sobre a Maratona do Rio
 
A tradição e a excelência da prova, além do cenário único, ajudaram a colocar o evento entre os melhores de sua categoria no mundo. O número recorde de inscritos consolida prova como uma das corridas de rua mais desejadas do calendário mundial. Em 2018, a Maratona do Rio acontece nos dias 2 e 3 de junho, no feriado de Corpus Christi.  Participam 38 mil pessoas nas distâncias de 6km, 10km, 21km e 42km, além da Maratoninha Gloob e Desafio Cidade Maravilhosa (21km + 42km). 
 
A Maratona Caixa da Cidade do Rio de Janeiro 2018 integra o calendário oficial de eventos e datas comemorativas da cidade do Rio de Janeiro. O evento é realizado e organizado pela Spiridon Eventos e Dream Factory, com patrocínio master CAIXA e Governo Federal, patrocínio oficial Olympikus, Gatorade, Piraquê, Secretaria de Esporte e Lazer e Juventude do Governo do Rio de Janeiro, Prefeitura do Rio e Do Bem. O evento conta com Apoio Minalba, Movida, Accenture, Estácio, Marriot, Bondinho Pão de Açúcar, Pronokal e Telecall. Eu Atleta como parceiro de mídia e Transmissão oficial SporTV. A Maratoninha conta com patrocínio Gloob e Piraquê.
 
Programação Maratona do Rio 2018:
 
Expo Rio Run - 31 de maio a 2 de junho  
 
Quinta-Feira (31 de Maio) - 09h às 19h
Sexta-Feira (01 de Junho) - 08h às 18h
Sábado (02 de Junho) - 08h às 17h
Centro de Convenções SulAmérica
 
Sábado – 2 de junho de 2018 
Meia Maratona Olympikus da Cidade do Rio de Janeiro (21km)
*Largada dos 21km na Praia do Pepê, Barra da Tijuca - 6h30 
*Arena de chegada 21km - Aterro do Flamengo 
 
Maratoninha Gloob (100m a 800m) - 3 a 10 anos -  às 8h - Aterro do Flamengo  
Área de Foodtrucks - 6h às 14h -  Aterro do Flamengo
 
Domingo - Provas e Maratona com Arte (shows pela orla) – 3 de junho de 2018  
Maratona CAIXA da Cidade do Rio de Janeiro (42km)
*Largada dos 42km na Praça Tim Maia, Pontal,  Recreio - 7h 
*Arena de chegada 42km - Aterro do Flamengo 
 
Family Run - 6km, 10km -  às 8h - Aterro do Flamengo
Área de Foodtrucks - 6h às 16h -  Aterro do Flamengo 
 
Veja Também: 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

 
 
Curta - EA no Facebook