Vôlei de praia agita torcedores com DJ em Londres | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Vôlei de praia agita torcedores com DJ em Londres

Juliana e Larissa se impuseram em quadra / Foto: Humberto Deveza / EA

Londres - A tensão faz parte do esporte, ainda mais quando se trata de uma disputa olímpica. No futebol, se a partida for importante, são 90 minutos de dedos cruzados, e muitos gostam de acompanhar o jogo em silêncio. Já no vôlei de praia, que hoje teve o Brasil classificado para as semifinais com a dupla Juliana e Larissa, o clima é um pouco diferente. Nestes Jogos Olímpicos, as disputas da modalidade ocorrem no Horse Guards Parade, próximo à cidade de Westminster, onde fica o Palácio de Buckingham e outras residências da monarquia britânica. No local, uma arquibancada foi montada para receber até 15 mil pessoas, que vêm em busca de diversão.

Após o espectador passar pela revista (da mochila, caso tenha, do corpo e do ingresso) e seguir em direção à arena, o clima já pode ser sentido: muita música e animação no Horse Guards Parade. Lá dentro, um DJ toca trechos de música a cada intervalo de ponto e nas paradas da partida. A torcida, claro, acompanha. Com gritos, palmas e olas que a maioria não deixa de fazer.

Torcedores de Brasil e Alemanha se juntam para foto / Foto: Humberto Deveza / EA

Durante os intervalos da partida, como quando uma das duplas alcança oito ou 16 pontos, a quadra artificial se enche de dançarinos fazendo as mais diversas coreografias. Tudo para animar o público, já consideravelmente agitado nos jogos do vôlei de praia.

Muitos decidem para quem torcer na hora, já que o ingresso permite acompanhar duas partidas e, na maioria das vezes, apenas uma interessa ao espectador, que torce pelo seu país. A partida de Juliana e Larissa contra as alemãs Sara Goller e Laura Ludwig foi a segunda da noite e teve início já às 23h locais. O público que queria ver o jogo anterior teve que torcer para Brasil ou Alemanha. Ouvia-se muito mais gritos de "Go Brasil" (Vai, Brasil) na arena, em sonoro coro.

O resultado foi muito safistafório para Juliana e Larissa, que venceram por 21/10 e 21/19, confirmaram o favoritismo e mostraram por que estão no topo do ranking mundial. As semifinais ocorrem na terça e Juliana e Larissa enfrentarão as americanas Ross e Kessy. Walsh e May, do outro lado, enfrentam as chinesas Xue e Zhang. 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook