Bronze na areia | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Bronze na areia

Com reação espetacular, Larissa e Juliana garantem medalha no vôlei de praia/ Foto: Divulgação

Londres- Grandes campeões nem sempre são apenas os que sobem ao topo do pódio. Depois da dor da derrota para as americanas Kessy e Ross nas semifinais de terça-feira, Larissa e Juliana deram uma emocionante volta por cima ao derrotar na noite desta quarta-feira, 8 de agosto, as chinesas Xue e Zhang por 2 a 1 (parciais de 11/21, 21/19 e 15/12), em 53 minutos. Com o resultado, elas conquistaram a medalha de bronze no vôlei de praia dos Jogos Olímpicos Londres 2012.
 
Depois de perder o primeiro set, Larissa/Juliana, cabeça de chave número 1 do torneio, chegou a estar a dois pontos da derrota no segundo, mas acabou conseguindo uma reação espetacular para superar a dupla chinesa, que, curiosamente, havia garantido o terceiro lugar em Pequim 2008 justamente em cima de outra parceria brasileira – Talita e Renata.
 
Para o delírio do público brasileiro presente à arena de Horse Guards Parade, Larissa e Juliana resgataram um jogo que parecia perdido. As chinesas impuseram um forte ritmo desde o início, forçando os saques em cima de Juliana e buscando se aproveitar do que as próprias brasileiras admitiram ser uma ponta de desânimo pela perda da chance de disputar o ouro.
 
‘’A gente entrou em quadra diante das chinesas ainda com a cabeça na noite anterior e acabou cometendo muitos erros. Conversei com a Juliana para a gente tentar não fazer o mesmo do jogo contra as americanas, que foi jogar com raiva quando as coisas não deram certo. Precisávamos de cabeça fria’’, explicou Larissa.
 
E foi depois de acalmar os ânimos que a dupla achou uma via de escape no segundo set. Derrotadas com certa facilidade na primeira série, as brasileiras chegaram a abrir 12/9 na segunda parcial, mas permitiram uma reação e ainda viram as chinesas marcarem três pontos seguidos para chegar a 19/17. Larissa se encaminhou para o saque e tirou da cartola um ace que enfim pareceu incomodar as adversárias. Em seguida, um novo ace para incendiar de vez o jogo. Um bloqueio de Juliana escreveu 20/19 no placar e foi ela quem fechou o set, depois de uma defesa e de um contra-ataque.
 
No tie-break, as brasileiras voltaram com espírito de luta redobrado e mostraram melhor condicionamento físico para buscar bolas e contra-ataques. Abriram 9/4 numa cortada de Larissa e conseguiram controlar o jogo, apesar de Xue e Zhang ensaiarem uma reação, encostando em 13/11. Zhang, porém, acertou um ataque na rede e, embora as chinesas ainda tenham salvado um match point, não tiveram como evitar um ataque de Larissa, que fechou a partida e deu início à comemoração das brasileiras.
 
‘’Para muita gente, o jogo tinha acabado no segundo set. Não para nós. Eu até sonhei que a gente ganharia uma medalha aqui, por isso que, depois do jogo com as americanas, eu falei com a Larissa que nossa história aqui nos Jogos Olímpicos não tinha acabado. Esse bronze foi o nosso ouro’’, disse Juliana.
 
A dupla terá pouco tempo para comemorar, pois já viaja semana que vem para disputar a etapa da Polônia do Circuito Mundial. Mas a contagem para 2016 já começou, ainda que Larissa não tenha pressa. ‘’Voltamos para casa com um sorriso e feliz por termos chegado a um pódio olímpico. Nossa parceria merecia uma medalha e quem sabe a gente não tem um final mais feliz em 2016. Falta muito tempo e nós sabemos como um ciclo olímpico é longo, mas é algo a se pensar’’, concluiu Larissa.
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook