Fabiana Beltrame tem recepção de campeã no Rio

A conquista histórica teve uma recepção à altura. Quatro dias depois de conquistar a inédita medalha de ouro no Mundial de Remo, em Bled, na Eslovênia, a remadora do Flamengo Fabiana Beltrame desembarcou no início da tarde, no Rio de Janeiro, com muita festa / Foto: Divulgação / FlamengoA conquista histórica teve uma recepção à altura. Quatro dias depois de conquistar a inédita medalha de ouro no Mundial de Remo, em Bled, na Eslovênia, a remadora do Flamengo Fabiana Beltrame desembarcou no início da tarde, no Rio de Janeiro, com muita festa / Foto: Divulgação / FlamengoRio de Janeiro - A conquista histórica teve uma recepção à altura. Quatro dias depois de conquistar a inédita medalha de ouro no Mundial de Remo, em Bled, na Eslovênia, a remadora do Flamengo Fabiana Beltrame desembarcou no início da tarde, no Rio de Janeiro, com muita festa.

Ao som do hino rubro-negro tocado pela Charanga, a remadora foi recebida por cerca de 40 atletas, comissão técnica, dirigentes e pela presidente Patricia Amorim. Eles ficaram perfilados com seus remos e fizeram uma espécie de túnel para recepcioná-la.

Com a filha Alice no colo, Fabiana, que também chegou acompanhada do marido o remador rubro-negro Gibran Cunha , ficou emocionada e surpresa com a recepção. "É um sentimento inigualável. Há anos atrás, não imaginava que pudesse chegar até aqui. Mas sei o quanto persegui esse caminho e treino todos os dias pensando em medalhas. Só quem está ao meu lado diariamente sabe o quão difícil é toda essa rotina", disse a remadora.

" Estava acostumada a ver os outros ganhando, principalmente os europeus. Eles não entendiam a nossa festa lá justamente porque, para eles, é só mais uma medalha, enquanto essa é inédita para o nosso país.", completou. Ao ser informada sobre a festa que o Flamengo tinha preparado para recebê-la, Fabiana ficou surpresa." A minha ficha só começou a cair agora quando cheguei e vi toda essa grande festa. Agradeço ao  Flamengo, a Patricia ( Amorim) que estão sempre ao meu lado. Obrigada por todo esse carinho".

A presidente Patricia Amorim, desde cedo no aeroporto, acredita que a medalha de Fabiana foi um divisor de águas. "Para um clube que tem 116 anos, alcançamos a excelência do remo. A medalha da Fabiana é um divisor de águas e alcançamos um outro patamar técnico. Existe o remo antes e depois da medalha da Fabiana e nós, clubes formadores, vamos continuar dando a nossa contribuição, inclusive para formar novos campeões. A possibilidade que o remo tem para crescer agora é enorme", disse a mandatária rubro-negra.

Do aeroporto, a comitiva rubro-negra saiu em carreata pelas ruas da cidade, passando pelo Aterro, praias de Copacabana, Ipanema, Leblon até a garagem do remo, na Lagoa, onde mais uma festa estava preparada.  

Fabiana foi recebida com fogos de artifício pelo Flamengo. Orgulhosos pelo feito da atleta, todos no clube a parabenizaram. Mesmo exausta pela viagem, a remadora entendeu a importância de falar com a imprensa e uma pequena coletiva foi organizada na garagem do remo para que ele pudesse atender aos jornalistas.

Mas a primeira a falar foi a presidente do Flamengo, Patricia Amorim, que, em nome do clube, saudou a atleta rubro-negra.  " Fabiana, seja bem vinda à sua casa. É um privilégio e uma honra termos em nossa equipe uma atleta desse nível. Quero parabenizar a todos no Flamengo e a todos os envolvidos de forma direta e indireta. Fica aqui a nossa gratidão pela conquista. O Flamengo te reverencia e eu como presidente que sou e vice-presidente de remo só tenho a dizer muito obrigada", disse Patricia.

Visivelmente emocionada com a homenagem do clube, a remadora fez questão de honrar a todos que a ajudaram em sua vitoriosa trajetória no esporte. "Estou muitio feliz com essa conquinta. Realmente não esperava toda essa festa que o Flamengo preparou. Foi muito grande. Estou feliz e surpresa. Não conquistei isso sozinha. Todos os meus treinadores desde a época de infância tiveram participação nessa conquista. Essa medalha não é só minha, é de todos vocês", disse a remadora, que ainda completou:

"Não tenho palavras para explicar a minha felicidade por tudo que vocês fizeram. Foi aqui, remando pelo Flamengo, que consegui os melhores resultados da minha vida", concluiu Fabiana, que já estará na Lagoa Rodrigo de Freitas neste domingo para a quinta etapa do campeonato estadual de remo.

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook