Fabiana Beltrame disputa o ouro no Mundial de remo na Eslovênia

Fabiana Beltrame, principal nome do remo brasileiro, vai em busca do seu segundo ouro no ano. A atleta brasileira garantiu nesta quinta-feira, 1º de setembro,  presença na final do mundial de Remo em Bled, na Eslovênia / Foto:DivulgaçãoFabiana Beltrame, principal nome do remo brasileiro, vai em busca do seu segundo ouro no ano. A atleta brasileira garantiu nesta quinta-feira, 1º de setembro, presença na final do mundial de Remo em Bled, na Eslovênia / Foto:DivulgaçãoBled - Fabiana Beltrame, principal nome do remo brasileiro, vai em busca do seu segundo ouro no ano. A atleta brasileira garantiu nesta quinta-feira, 1º de setembro,  presença na final do mundial de Remo em Bled, na Eslovênia.

A brasileira Fabiana Beltrame, principal nome da delegação de remo que representará o país nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, garantiu vaga na final do Skiff feminino peso leve até 59 quilos, no 34º Mundial de Remo, disputado em Bled, Eslovênia.

Beltrame fez o segundo melhor tempo da semifinal. Na raia 4, a brasileira liderou a prova nos primeiros mil metros, depois foi superada pela norte-americana Ursula Groebler, que fechou com o melhor tempo da bateria com 7 minutos e 54 segundos, a brasileira com 7 minutos e 56 segundos e em terceiro a canadense Tracy Cameron com 8 minutos de prova. A final será disputada nesta sexta-feira, 2 de setembro.

Em junho, Beltrame conquistou a medalha de ouro no Mundial de Remo em Berlin, com esse resultado, a atleta foi a primeira brasileira a ganhar uma medalha em mundiais, e fez história.

A atleta brasileira de 29 anos, poderá acabar com o jejum em Pan-Americanos. O Brasil não ganha há mais de 20 anos uma medalha de ouro no remo. O último ouro foi com os irmãos Ronaldo e Ricardo de Carvalho, no Pan de Indianápolis, em 1987.

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook