Barco neozelandês é a equipe a ser batida em 2015 | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Barco neozelandês é a equipe a ser batida em 2015

Kiwi pair, como é conhecida a dupla vencedora / Foto: Reprodução / FacebookKiwi pair, como é conhecida a dupla vencedora / Foto: Reprodução / Facebook

Rio de Janeiro - Invicta há seis anos, dona dos recordes mundiais no Dois Sem (2-) e no Dois Com (2+), a dupla Eric Murray e Hamish Bond, eleita pela segunda vez consecutiva a melhor guarnição do ano pela FISA, é o barco a ser batido em 2015. Entre atletas de 20 países inscritos nas provas que eles disputaram no Mundial deste ano, na Holanda, quatro desafiantes se destacam na tentativa de desbancar o "Kiwi Pair" neozelandês.
 
Os ingleses Matt Langridge e James Foad chegaram atrás dos "Kiwis" e foram prata na etapa de Lucerna da Copa do Mundo e no Mundial em Amsterdam. Trata-se da dupla mais veloz da Inglaterra, que se aproxima cada vez mais dos neozelandeses. Entre Lucerna e Amsterdam a diferença de tempo caiu de quase dez segundos para 4,5s.
 
Enquanto esta disputa é travada, os "Kiwis" buscam vitórias em outros barcos. Em 2014, eles competiram também no Dois Com, venceram e estabeleceram um novo recorde mundial (6m33s26). Bond e Murray são movidos por desafios constantes e evitam a zona de conforto a qualquer custo. Durante todo o percurso buscam superação e jamais entram em uma prova no clima de "já ganhou".
 
A dupla inglesa também acumula títulos em outros barcos. Ambos ganharam bronze no Oito Com (8+) nas Olimpíadas de Londres em 2012. Langridge foi prata no Oito Com das Olimpíadas de Pequim em 2008 e é um remador experiente também no Four Skiff (4x), acumulando duas medalhas de ouro e uma de bronze em campeonatos mundiais.
 
Outros adversários para o "Kiwi Pair" são os sul-africanos Shaun Keeling e Vincent Breet. Em Lucerna, chegaram em quinto. Em Amsterdam, subiram no pódio para receber a medalha de bronze. Nos últimos anos, Keeling tem sido finalista em várias provas de Dois Sem, ao lado do medalhista olímpico recém aposentado Ramon Di Clemente. Breet, campeão mundial do Dois Sem Sub 23, começou a se destacar internacionalmente em 2010, ainda na categoria Júnior, e revelou-se uma excelente opção para dividir o barco com Keeling.
 
Os sérvios também estão no páreo, com Veselin Savic e Dusan Bogicevic: campeões europeus na categoria em 2014 e bronze na etapa de Lucerna da Copa do Mundo.
 
Além deles, há uma dupla alemã em franco crescimento. Anton Braun e Bastian Bechler faturaram bronze no Campeonato Europeu e prata na etapa de Aiguebelette da Copa do Mundo. Acumularam muita experiência e medalhas remando juntos na categoria Sub-23 e prometem ser fortes adversários dos neozelandeses na temporada de 2015.

 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook