Venezuelano se diz honrado em ganhar segundo ouro da história de seu país | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Venezuelano se diz honrado em ganhar segundo ouro da história de seu país

Ruben Limardo, primeiro venezuelano a ser campeão olímpico desde 1968 / Foto: Humberto Deveza / EARuben Limardo, primeiro venezuelano a ser campeão olímpico desde 1968 / Foto: Humberto Deveza / EA

Londres - Por mais que a cada ano novos atletas apareçam e diferentes países se destaquem em determinadas modalidades, há ainda quase uma centena de países que nunca chegaram a um pódio olímpico. Não é o caso da Venezuela, nosso vizinho sul-americano. Mas o país não tem um desempenho em Olimpíadas tão bom quanto o do Brasil, por exemplo, ou mesmo da Argentina. A república governada por Hugo Chavez tinha apenas uma medalha de ouro em toda a sua história, conquistada pelo boxeador Francisco Rodriguez, nos Jogos da Cidade do México, em 1968. 

Tinha. A Venezuela conquistou ontem sua segunda medalha de ouro da história, a primeira da esgrima, com Ruben Limardo, na espada. O atleta agradeceu inclusive o presidente do país, que parabenizou publicamente o campeão.

E a euforia era tanta que Ruben passou boa parte de seu dia pós-vitória pelos arredores da vila olímpica, com a medalha no peito. Nesta tarde de quinta-feira, a reportagem do Esporte Alternativo encontrou com o esgrimista, que estava bem concorrido para fotos e entrevistas. "Estou muito feliz, é uma honra ganhar essa medalha para a Venezuela", afirmou Ruben.

A conquista histórica é relevante inclusive no cenário sul-americano da esgrima, que tem poucos adeptos por aqui. As competições de esgrima em Londres terminaram todas esta semana e os brasileiros não conseguiram chegar às fases finais.

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook