No individual, italianos dominam as finais da categoria Sabre

Nesta terça-feira, 12 de outubro, foi mais um dia emocionante na Copa do Mundo de esgrima, foram disputadas as finais no masculino e feminino da categoria sabre / Foto: Divulgação/FIE Nesta terça-feira, 12 de outubro, foi mais um dia emocionante na Copa do Mundo de esgrima, foram disputadas as finais no masculino e feminino da categoria sabre / Foto: Divulgação/FIE Catania - A terça-feira, dia 11 de outubro, foi mais um dia emocionante na Copa do Mundo de Esgrima, que está sendo realizada em Catânia, na Itália. No masculino, o italiano Aldo Montano conquistou pela primeira vez o lugar mais alto no pódio em mundiais na categoria Sabre. No feminino, a veterana Valentina Vezzali, venceu a Elisa Di Francisca, e foi hexacampeã Mundial.

O italiano de 33 anos, Aldo Montano, campeão Olímpico em Atenas-2004, conquistou pela primeira vez, o lugar mais alto no pódio durante uma Copa do Mundo. Com toda sua experiência, Aldo venceu o alemão Nicolas Limbach durante a grande final da categoria Sabre. Na disputa pela medalha de bronze, o italiano Luigi Tarantino levou a melhor em cima do coreano Gu Bon Gil e terminou em terceiro lugar.

No feminino, a italiana veterana de 38 anos, Maria Valentina Vezzali, tricampeã Olímpica (2000, 2004 e 2008), não deu chances as adversárias e conquistou pela sexta vez o título Mundial da categoria. Na final, Valentina disputou a medalha de ouro contra Elisa Di Francisca, a atleta mais jovem da seleção italiana.

O grande destaque destas finais, no entanto, foi Lee Kiefer, atleta americana de apenas 17 anos. Ela conquistou o terceiro lugar no pódio e mostrou que poderá fazer frente as principais esgrimistas do mundo. Nas quartas-de-finais, Lee venceu a italiana Ariana Errigo, quarta colocada no Ranking Mundial da categoria. Na disputa de terceiro e quarto, a americana venceu a coreana Nan Hyun Hee.

Os brasileiros também estiveram presentes. No masculino, Renzo Agresta fez bonito. Começou a competição com uma derrota por 5 a 2 para o ucraniano Andriy Yagodka. Depois, foram 5 vitórias seguidas e de quebra a classificação para a fase eliminatória do Mundial.

Depois de vencer a primeira luta, contra o Argentino Alexander Achten, por 15 a 7, o brasileiro foi eliminado da competição pelo alemão Max Hartung, pelo apertado placar de 15 a 12. Com o desempenho, Renzo Agresta terminou a competição na 40ª posição. 

Os outros brasileiros do Sabre não foram tão bem, Willian Zeytounlian terminou a competição na 103ª posição, com 2 vitórias e quatro derrotas. Giovanni Gastaldo venceu apenas uma luta e terminou na 125ª posição. Tywilliam Guzenski terminou na 129ª posição, com 6 derrotas.

Entre as brasileiras, Karina Lakerbai repetiu o desempenho de Renzo Agresta, com 5 vitórias e apenas uma derrota na fase inicial do torneio. Venceu a primeira eliminatória, depois de uma luta emocionante contra a britânica Louise Bond- Williams, por 15 a 14 e foi eliminada pela americana Mariel Zagunis por 15 a 7. 

Stephanie Groshe e Beatriz Almeida, que também representavam as cores verde e amarela, terminaram na 118ª e 119ª posição respectivamente, com 6 derrotas cada uma.