Canoagem Slalom do Brasil conquista a primeira vaga para Londres 2012

A jovem Ana Sátila (15 anos) entrou para a história da Canoagem Slalom do Brasil ao conquistar em Foz do Iguaçu (PR), a sonhada vaga para os Jogos Olímpicos de Londres 2012 / Foto:  Divulgação A jovem Ana Sátila (15 anos) entrou para a história da Canoagem Slalom do Brasil ao conquistar em Foz do Iguaçu (PR), a sonhada vaga para os Jogos Olímpicos de Londres 2012 / Foto: Divulgação Foz do Iguaçu - Foram anos de muito treinamento, mas que certamente hoje valeram à pena. A jovem Ana Sátila (15 anos) entrou para a história da Canoagem Slalom do Brasil ao conquistar em Foz do Iguaçu (PR), a sonhada vaga para os Jogos Olímpicos de Londres 2012.

Ana garantiu a vaga ao ganhar a medalha de ouro do K1 Feminino do Campeonato Pan-americano de Canoagem Slalom vencendo as renomadas canoístas canadenses Jessica Groenveld e Thea Froehlich, prata e bronze, respectivamente.

A jovem atleta de Primavera do Leste (MT) e agora residente em Foz do Iguaçu em virtude dos treinamentos fez uma descida muito forte e de alta concentração marcando 106.92 e levando a torcida ao êxtase com a conquista. A canadense Jessica Groenveld também fez uma boa descida, mas levou uma grande penalidade nas últimas portas do percurso e com o tempo de 111.51 não foi superior à jovem brasileira. Thea Froehlich, também renomada internacionalmente, fez a marca de 113.75.

Para Ana Sátila a conquista foi fruto de muito treinamento e dos ensinamentos passados pelo renomado técnico da seleção brasileira o italiano Ettore Ivaldi, contratado há pouco tempo pela Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa) para treinar a equipe do Brasil visando os Jogos Olímpicos Rio 2016, mas que em pouco tempo já rendeu ótimos resultados com a vaga para Londres 2012.

Vaga no C2 Masculino ficou muito perto do Brasil - Já no C2 Masculino e vaga para Londres 2012 ficou perto com a conquista da medalha de prata da dupla brasileira formada por Cássio Petry e Charles Correa que terminou a prova com o ótimo tempo de 109.29, pouco atrás dos campeões pan-americanos e representantes dos EUA em Londres os norte-americanos Eric Hurd e Jeff Larimer com a marca de 107.13. O bronze ficou também os norte-americanos Casey Eichfeld e Devin McEwan com 110.90.

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Curiosidades de Londres

Curta - EA no Facebook