Brasileiros voltam da Eslováquia sem nenhuma vaga para Londres 2012

Agora os atletas brasileiros, mais experientes internacionalmente, buscam as vagas restantes para Londres 2012 no Campeonato Pan-americano de Canoagem Slalom, evento continental americano marcado para abril do ano que vem em Foz do Iguaçu, no Paraná / Foto: DivulgaçãoAgora os atletas brasileiros, mais experientes internacionalmente, buscam as vagas restantes para Londres 2012 no Campeonato Pan-americano de Canoagem Slalom, evento continental americano marcado para abril do ano que vem em Foz do Iguaçu, no Paraná / Foto: DivulgaçãoEslováquia - A jovem Seleção Brasileira de Canoagem Slalom sabia das dificuldades de garantir uma vaga para os Jogos Olímpicos Londres 2012 durante o Campeonato Mundial de Canoagem Slalom 2011, evento que reuniu os melhores canoístas do mundo na Bratislava, Eslováquia.

Agora os atletas brasileiros, mais experientes internacionalmente, buscam as vagas restantes para Londres 2012 no Campeonato Pan-americano de Canoagem Slalom, evento continental americano marcado para abril do ano que vem em Foz do Iguaçu, no Paraná.

A Canoagem Slalom do Brasil segue um planejamento de longo prazo que culminará nos Jogos Olímpicos Rio 2016, portanto desde já os projetos com a modalidade no Brasil buscam promover e aumentar a base do esporte no país com o intuito de identificar os jovens talentos e proporcionar experiência em competições internacionais para aqueles que atingem melhor nível técnico.

Os últimos resultados do Brasil foram nas eliminatórias do C1 Masculino. Cássio Petry ficou na 46ª posição com o tempo de 106.42 segundos, Leonardo Curcel em 53º lugar com 115.97 e Charles Correa em 54º com o tempo de 116.08. Ainda neste domingo o Brasil compete no K1 Masculino por Equipes e C1 Masculino por Equipes.

“Recentemente promovemos em Foz do Iguaçu o maior campeonato de iniciantes da história da Canoagem Slalom, mostrando que nosso trabalho com a base do esporte no Brasil já começou a dar resultados. Agora, é continuar incessantemente com este trabalho para colhermos os frutos no futuro”, disse João Tomasini Schwertner, presidente da Confederação Brasileira de Canoagem.

O Brasil participou do evento com os atletas João Vitor Machado (ATOCA - Foz do Iguaçu/PR), Pedro Henrique Gonçalves da Silva (APEN – Piraju/SP), Anderson dos Santos Oliveira (APEN – Piraju/SP), Cássio Petry (ASTECA – Três Coroas/RS), Charles Correa (APEN – Piraju/SP), Leonardo Curcel (ATOCA - Foz do Iguaçu/PR), Poliana Aparecida de Paula (APEN – Piraju/SP) e Ana Sátila Vieira (APC – Primavera do Leste/MT), além dos técnicos Antônio Alves e Ettore Ivaldi, este último técnico italiano contratado recentemente pela Confederação Brasileira de Canoagem para auxiliar no desenvolvimento dos atletas brasileiros.

 

 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Curiosidades de Londres

Curta - EA no Facebook