Sarah Menezes conta histórias e anima estudantes

Judoca campeã olímpica encerra sua participação nas Olimpíadas Escolares / Foto: Fernando Soutello / AGIF / COBJudoca campeã olímpica encerra sua participação nas Olimpíadas Escolares / Foto: Fernando Soutello / AGIF / COB

Poços de Caldas - A Gerência de Programa Educativo e Cultural do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) preparou uma surpresa para 300 estudantes, de seis a 15 anos, de oito escolas de Poços de Caldas (MG). Depois de assistir vídeos dos acervos do Comitê Olímpico Internacional (COI) e do COB comentados pela gerente do Programa, Nira Lima, as crianças e jovens receberam a judoca campeã olímpica Sarah Menezes, que conversou com a garotada, respondeu perguntas, mostrou a medalha de ouro conquistada em Londres 2012 e deu várias dicas para levar uma vida melhor.
 
Sarah entrou no palco logo após as crianças assistirem a vídeos de superação e coragem de atletas em ação nos Jogos Olímpicos. “Eu também já tive um momento de superação na minha carreira. Em 2012, nas quartas de final do Campeonato Mundial, contra uma judoca romena, o meu dedo mínimo do pé saiu do lugar e não voltou. Eu continuei a luta e consegui a vitória na superação”, lembrou.
 
Mensagens como sejam felizes praticando esporte e estudando, o espírito olímpico vence sempre, o lema do olimpismo baseado em esporte, cultura e meio ambiente; as crianças voltaram pra casa com a lição na ponta da língua.
 
“Jogo vôlei, mas não jogo muito bem. Aprendi a dar uma chance ao esporte porque quanto mais eu treinar melhor eu vou jogar”, disse a pequena Dafne, de 10 anos, do Colégio Municipal Vitalino Rossi. “Comecei a lutar judô há pouco tempo e sonho em ganhar uma medalha igual à dela”, contou Carlos Eduardo do Espírito Santo, de 11 anos, que estuda no Colégio Gregório e teve a honra de tocar na medalha de ouro conquistada por Sarah em Londres 2012.
 
Os estudantes foram divididos em duas turmas de 150 alunos. Os mais velhos, de 12 a 15 anos, compareceram ao Complexo Cultural da Urca pela manhã e os mais novos à tarde. As crianças de seis a 11 anos ainda tiveram a oportunidade de a um Teatro de Bonecos, com os atores que criaram Déco e Viviane de Souza e seu filho Gabriel, sobre o Olimpismo e o esporte como meio de divulgação da Paz.
 
Essa foi apenas uma das várias ações da Gerência de Programa Educativo e Cultural do COB, que preparou diversas atividades para promover a interação e a propagação dos valores positivos do esporte para os alunos atletas de 12 a 14 anos das Olimpíadas Escolares e para as escolas de Poços de Caldas. Os atletas foram brindados com diversas atrações no Centro de Convivência.
 
O COB disponibilizou uma biblioteca com livros do selo COB Cultural, jogos para promover a alimentação saudável, exposição de fotos do Time Brasil em Londres, mural de mensagens e a possibilidade de os alunos tirarem fotos com os uniformes oficiais da delegação brasileira, além de atrações culturais no palco do refeitório. “Os atletas vêm para competir, mas já que estão aqui, nós disponibilizamos esses espaços para que eles se conheçam. As mesas no refeitório são compridas. Assim, alunos de diferentes estados podem sentar perto e conversar. O formato dessas ações possibilita esse contato”, explicou Nira Lima, Gerente do Programa Educativo e Cultural das Olimpíadas Escolares.
 
No Centro de Convivência, anexo ao refeitório, foram instalados computadores com acesso à internet, videogames com jogos esportivos, mesas para a prática do tênis de mesa e tabuleiro de totó. Além das atrações para os atletas, o COB se preocupa em proporcionar atrativos educativos e culturais para os estudantes anfitriões.
 
Durante os dias de competições, os alunos podem conhecer e conversar com os Embaixadores das OEs, participar de brincadeiras interativas, ser fotógrafo por um dia, conhecer a biblioteca móvel com livros esportivos, assistir a vídeos do acervo do Comitê Olímpico Internacional e do COB e conferir um teatro de bonecos com atores locais.
 
As Olimpíadas Escolares são organizadas e realizadas pelo Comitê Olímpico Brasileiro, correalizadas pelo Ministério do Esporte e Organizações Globo e apoio da Prefeitura Municipal de Poços de Caldas e Governo do Estado de Minas Gerais.