Cavaleiros veem medalha no individual: "tenho um bom cavalo"

Eduardo Menezes também está na final, junto com Doda e Pedro Veniss / Foto: David Rogers / Getty ImagesEduardo Menezes também está na final, junto com Doda e Pedro Veniss / Foto: David Rogers / Getty Images

Rio de Janeiro - Depois de saírem decepcionados com a quinta posição do Brasil na final da prova de saltos por equipes, nesta quarta-feira, o time brasileiro vislumbra agora um bom resultado na prova individual, que acontece na manhã de sexta.

Os três cavaleiros que competiram hoje, Álvaro de Miranda, o Doda, Stephan Barcha e Pedro Veniss, se classificaram para a final de sexta. "A gente tem chance realmente muito grande de medalha na sexta-feira, no individual. A maneira que os cavalos saltaram, eu vejo qualquer um dos três com capacidade de buscar medalha", avalia Doda.

O Brasil chegou à final dos saltos por equipes em primeiro lugar, com o circuito zerado, junto com três potências do hipismo. Sem um dos seus quatro cavaleiros (Stephan Barcha foi desclassificado por ter causado um machucado no seu cavalo com a espora), o país não teve como descartar sua pior exibição e acabou em quinto lugar, com 13 penalidades.

"Agora é levantar a cabeça e tentar lutar por essa medalha no individual, porque essa torcida merece. Acredito que eu tenho um cavalo muito bom, e que pode trazer uma medalha ainda. As chances são grandes, a gente tem três cavaleiros na final e vamos lutar os três para trazer um resultado bom", emendou Veniss.

Até Rodrigo Pessoa, campeão olímpico na prova em Atenas, em 2004, fez coro com os cavaleiros. "Eles têm grandes chances na sexta-feira, os cavalos estão saltando bem", finaliza o brasileiro.

A final está marcada para às 13h30, no Centro Olímpico de Hipismo, em Deodoro. 

Veja Também: 

 

 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Curta - EA no Facebook