Seleção de Conjunto estreia no Mundial neste sábado (2)

Perspectivas da equipe brasileira são bastante positivas para primeiro Mundial do novo ciclo / Foto: Ricardo Bufolin/CBGPerspectivas da equipe brasileira são bastante positivas para primeiro Mundial do novo ciclo / Foto: Ricardo Bufolin/CBG

Itália - Após Natália Gaudio e Karine Walter representarem muito bem o País pela Seleção de Ginástica Rítmica Individual, chegou a vez do Conjunto Brasileiro entrar em cena na competição, em Pesaro, na Itália. Neste sábado (2), o Brasil se apresenta a partir das 10h30 (horário de Brasília) em duas séries: cinco arcos e três bolas e duas cordas.
 
O conjunto é formado por Alanis Avila, Francielly Pereira, Gabrielle Silva, Heloísa Bornal, Jessica Maier, Marine Vieira, Thainá Santos e Thaís Santos, e acompanhado pela treinadora Camila Ferezin e pela assistente técnica Bruna Rosa.
 
Antes de chegar à Itália, as Seleções competiram na Copa do Mundo de Kazan, na Rússia, e fizeram um período de treinamento e aclimatação na Bulgária. Para a técnica, foi um período de muito aproveitamento. "Minha avaliação sobre esse período é a melhor possível. Crescemos muito nesse tempo fora do país. Além de nos adaptarmos ao fuso horário é muito importante ter a vivência de estar lado a lado com as grandes potências da Ginástica Rítmica e isso contribui para que o trabalho seja aprimorado tecnicamente, além de nos dar muito mais segurança para competir."
 
O conjunto fez nesta sexta-feira o treino de pódio em Pesaro e se sente preparado para encarar a competição com boas perspectivas. "Treinamos bem, fizemos uma série de arco cravada e corda e bola fizemos uma boa apresentação, porém, ainda com algumas imprecisões que corrigimos no segundo treino de hoje. Senti as meninas seguras e confiantes e esse aspecto é muito importante neste momento, afinal, temos três ginastas estreando em Campeonato Mundial", ressaltou.
 
Este é o primeiro Mundial do ciclo olímpico e também o primeiro com o novo código de pontuação estabelecido pela Federação Internacional de Ginástica (FIG). Com isso, a Copa de Kazan foi ainda mais importante para a preparação e o Brasil se saiu muito bem, chegando às finais do conjunto de cinco arcos. "A Copa do Mundo de Kazan foi o primeiro termômetro para o nosso trabalho. Termos conseguido uma final na nossa estreia nos fez ver que estamos no caminho certo. Com certeza valeu muito a pena ter vindo este período para Europa e as meninas terem competido pelo menos em um evento internacional antes do Mundial", contou Camila.
 
"As meninas estão confiantes e focadas. Nós treinamos muito, apesar da curta preparação sentimos que já estamos em condições de cumprir com as coreografias. O ideal é sempre competir mais antes de enfrentar o Mundial.  Conseguimos organizar vários treinos controles que simulam a competição, em Aracaju, e também em Sófia, na Bulgária, e isso nos ajudou muito no crescimento da execução das coreografias, fizemos o máximo que era possível e as meninas estão determinadas a se apresentarem muito bem. Além deste ser um grupo muito unido é um grupo com muito potencial", encerrou a treinadora.
 
O Brasil faz parte do grupo A e será o terceiro a se apresentar em ambas as séries. Amanhã serão realizadas as classificatórias, que contarão também para a definição dos medalhistas no all around. No domingo (3) serão as finais de cada aparelho.
 
Programação Mundial de Pesaro - Individual 
*Horário de Brasília
 
Sábado (2)
10h30 às 16h - Competição geral conjunto 
16h às 16h20 - Premiação all around conjunto
 
Domingo (3)
9h às 9h40 - conjunto cinco arcos - final 
9h45 às 10h25 - conjunto três bolas e duas cordas - final 
10h25 - Premiação por aparelhos conjunto 
10h45 - Gala/Cerimônia de encerramento
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook