Vôlei Osasco-Audax enfrenta o BRB/Brasília pela Superliga

Mari Paraíba no aquecimento   / Foto: João Pires / FotojumpMari Paraíba no aquecimento / Foto: João Pires / Fotojump

Osasco - O Vôlei Osasco-Audax enfrenta o BRB/Brasília Vôlei nesta sexta-feira (11), a partir das 20h, no Distrito Federal, pela última rodada do primeiro turno da Superliga 2018/19. 
 
Embaladas pela boa vitória por 3 sets a 0 sobre o Curitiba Vôlei na terça-feira (8), as comandadas de Luizomar partem em busca de mais três pontos fora de casa. Dependendo dos demais resultados da rodada, a equipe osasquense pode saltar da oitava para a quinta posição na classificação geral da competição.
 
Com cinco vitórias na Superliga, o Vôlei Osasco soma 15 pontos. Se chegar aos 18, pode ultrapassar o Curitiba Vôlei, Fluminense – ambos com 16 pontos - e o Hinode Barueri, que tem 17. “O time se comportou bem em quadra após a pausa para as festas de final de ano e a vitória sobre Curitiba, um adversário direto, foi importante. Temos muita a fazer no returno e crescer cada vez mais para buscar uma melhor posição na tabela, já projetando os playoffs”, afirma o técnico Luizomar.
 
O adversário desta sexta-feira ocupa a nona colocação na Superliga, com três vitórias e sete derrotas. Embora esteja apenas uma posição atrás do Vôlei Osasco na tabela, o BRB/Brasília Vôlei soma somente nove pontos, enquanto o time osasquense tem 15. “Seguimos para o Distrito Federal conscientes da necessidade de fazer um bom jogo para conquistar a vitória. Não esperamos vida fácil, mas estamos animadas com o bom desempenho em Curitiba, principalmente porque jogamos com muita união e dedicação”, avalia a ponteira Mari Paraíba.
 
Após o encerramento do primeiro turno, o Vôlei Osasco-Audax abre o returno no dia 18, a partir das 19h30, no ginásio José Liberatti, contra o São Cristóvão Saúde/São Caetano. Será o reencontro do time com sua fanática torcida em 2019, após duas rodadas atuando fora de casa.
 
Time do Sonho – De acordo com a estatística da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), o Vôlei Osasco-Audax segue com duas atletas na seleção da Superliga. A central Walewska e a ponteira Mari Paraíba continuam a figurar no Time do Sonho. A líbero Camila Brait também aparece na lista de destaques no Time do Sonho 2.
 
Camila Brait está em quarto lugar na lista de melhores atletas no quesito recepção, com 69% de aproveitamento. A central Walewska ocupa a quarta posição entre as bloqueadoras mais eficientes, com 27 pontos marcados nesse fundamento.
 
Veja Também: 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook