EMS Taubaté Funvic conquista o Hexa no Campeonato Paulista Masculino de Vôlei

EMS Taubaté Funvic conquista o Hexa no Campeonato Paulista Masculino de Vôlei / Foto: Marcos Ribolli / Vôlei RenataEMS Taubaté Funvic conquista o Hexa no Campeonato Paulista Masculino de Vôlei / Foto: Marcos Ribolli / Vôlei Renata

Campinas - O EMS Taubaté Funvic sagrou-se hexacampeão Paulista de vôlei na noite desta quinta-feira, 31/10. Em um jogo de 3h27 de duração, que entrou madrugada a dentro, a equipe taubateana venceu o Vôlei Renata, em Campinas, por 3 sets a 2 no jogo (Parciais 23x25 / 25x22 / 25x17 / 21x25 / 15x13) e faturou o Golden set por 25 a 22.
 
Com o resultado, o EMS Taubaté Funvic conquistou seu sexto título do Campeonato Paulista Masculino de Vôlei de forma consecutiva.
 
O jogo - O técnico Renan Dal Zotto colocou em quadra a equipe inicial com Rapha, Mohamed, Lucão, Maurício Souza, Douglas Souza, Lucarelli e Thales como líbero. Entraram ao longo do jogo Renan Bonora, Petrus e Lipe.
 
O primeiro set foi bem equilibrado desde os primeiros movimentos. O EMS Taubaté Funvic apostou no saque forçado e impôs um jogo agressivo. O Vôlei Renata buscou variar mais o saque e manteve o jogo parelho. As duas equipes se alternaram na liderança do placar sem que nenhum dos times conseguisse abrir mais que dois pontos de vantagem. O time campineiro teve bom aproveitamento no bloqueio e na defesa, enquanto o Taubaté buscou o jogo com os ponteiros como bolas de segurança. O técnico Renan Dal Zotto mexeu na equipe no final do set colocando o ponteiro Renan, o central Petrus e o levantador Carísio em quadra. O final seguiu equilibrado, mas o Vôlei Renata conseguiu boa sequência de saques táticos, forçando erros taubateanos, e fechou em 25 a 23, em 33 minutos.
 
O segundo set foi de superioridade do EMS Taubaté Funvic. Sacando forçado desde o início, o time taubateano conseguiu quebrar a linha de passe do Vôlei Renata e logo conseguiu abrir vantagem. Com o passe e os atacantes sendo bem efetivos, o Taubaté se manteve com maior volume de jogo no primeiro terço do set. O Vôlei Renata foi buscar a diferença sacando forçado e contando com mais erros de ataque do Taubaté. A equipe taubateana voltou a comandar as ações com ótima atuação defensiva e aproveitando os contra-ataques, vencendo por 25 a 22, em 35 minutos, empatando a partida.
 
O terceiro set começou com o EMS Taubaté Funvic mantendo a pressão no saque e comandando o placar. Com bom aproveitamento na recepção e usando bem as bolas com os ponteiros, o time taubateano dominou o período e encaminhou sem sustos a vitória por 25 a 17, em 29 minutos, virando o jogo.
 
O quarto set começou com o Vôlei Renata melhor, variando o saque e com o bloqueio funcionando bem. O EMS Taubaté Funvic teve um começo de set irregular, com vários erros de saque, dando vantagem ao time da casa. O Vôlei Renata manteve o jogo agressivo e o saque entrando muito bem, e abriu vantagem confortável antes mesmo da metade do set. O Taubaté tirou a vantagem com uma ótima passagem do oposto Mohamed pelo saque. O Vôlei Renata retomou o controle com bom aproveitamento no saque e fechou em 25 a 21, em 33 minutos, empatando o jogo.
 
O tie-break teve o Vôlei Renata sacando bem no início do set e tendo bom volume de ataque. O EMS Taubaté Funvic teve um começo complicado, com mais erros, mas aos poucos voltou ao jogo, se recuperou e com bom saque forçado conseguiu virar e encaminhar a vitória, fechando por 15 a 13, vencendo o jogo por 3 sets a 2 e forçando a disputa do “Golden set”.
 
No último e decisivo set o Vôlei Renata começou melhor, sacando bem e aproveitando os contra-ataques. O EMS Taubaté Funvic cometeu mais erros nos momentos iniciais, mas logo equilibrou a partida com bom aproveitamento no saque e com as bolas nas pontas. A defesa e o bloqueio do Taubaté também fizeram a diferença e a equipe conseguiu se manter à frente do placar. Com maior agressividade e aproveitamento no passe e menos erros, o EMS Taubaté Funvic encaminhou sem grandes sustos a vitória por 25 a 22, vencendo o Golden set e conquistando assim o hexacampeonato paulista consecutivo.
 
Logo após o jogo, o líbero Thales comentou da alegria de celebrar mais um título com a camisa do Taubaté: “Sensacional poder comemorar esse título. Nós ficamos praticamente cinco meses longe de casa defendendo a seleção, retornamos, e hoje conseguimos esse título em um jogo de superação. Poder ter minha família aqui comigo, celebrando mais essa conquista, é muito legal.”, disse.
 
Leandro Vissotto, que acabou ficando de fora das finais por conta de uma contusão no pé, assistiu a final no ginásio, e fez questão de cumprimentar seus companheiros de equipe após o título: “Estão todos de parabéns, foi um jogo de muito desgaste físico e mental, não foi fácil pois o Vôlei Renata mostrou um voleibol digno de quem liderou toda a competição. Mas o Taubaté mostrou sua força, temos um elenco muito bom e que mostrou esse poder de reação hoje. Agora é comemorar e seguir trabalhando para a Superliga que vem por aí”, comentou o oposto.   
 
Campanha taubateana - O Taubaté termina a edição 2019 do Campeonato Paulista Masculino de Vôlei trazendo uma campanha de cinco vitórias e duas derrotas na primeira fase. Nas quartas de final passou pelo Vôlei Ribeirão com duas vitórias por 3 a 0. Nas semifinais eliminou o SESI com uma derrota na primeira partida, e uma vitória e a classificação no Golden Set. No primeiro jogo da final, foi derrotado pelo Vôlei Renata por 3 sets a 2. E na partida decisiva, os taubateanos venceram por 3 sets a 2, e conquistaram o título ao vencer também o Golden set.
 
Próximos jogos - O EMS Taubaté Funvic volta a jogar no próximo dia 07 de novembro, pela Supercopa de Vôlei 2019, contra o Sada Cruzeiro (MG). O troféu é disputado em jogo único, reunindo o atual campeão da Superliga (EMS Taubaté Funvic) e o atual campeão da Copa Brasil (Sada Cruzeiro). A partida será realizada em Uberlândia (MG), às 21h30.
 
Pela Superliga masculina 2019/2020, a estreia taubateana será dia 13 de novembro, em casa, contra o APAN Blumenau (SC).
 
Veja Também: 
 
 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook