Vôlei Osasco-Audax reedita final do Paulista contra o Sesi Bauru nesta terça

Mari Paraíba no ataque   / Foto: João Pires/FotojumpMari Paraíba no ataque / Foto: João Pires/Fotojump

Osasco - O Vôlei Osasco-Audax reedita a final do Campeonato Paulista na segunda rodada da Superliga 2018/19. Walewska, Claudinha, Camila Brait, Hooker e cia. recebem o Sesi Bauru nesta terça-feira (20), a partir das 20h, no ginásio José Liberatti, com transmissão do Sportv 2. 
 
Em busca da segunda vitória na competição nacional, a equipe osasquense terá um duro desafio pela frente, mas contará com o apoio de sua torcida, que, assim como na fase decisiva do estadual, promete lotar as arquibancadas.
 
Após bater o São Cristóvão Saúde/São Caetano na estreia na Superliga, o Vôlei Osasco vai em busca da primeira vitória sobre o Sesi Bauru na temporada. Os três confrontos pelo estadual – um na fase de classificação e dois nas finais – foram decididos no quinto set, mas sempre a favor da equipe do interior. “Bauru tem um grande time e conquistou o Campeonato Paulista de forma invicta. Mas fizemos jogos duríssimos e provamos que temos todas as condições de ganhar. Para isso, precisamos evitar erros, muitas vezes bobos, nos momentos de definição dos sets”, explica Walewska.
 
O técnico Luizomar lembra que, no quarto duelo, os dois times se conhecem bem. “Temos muito material deles e eles da gente. A expectativa é para mais um grande jogo. Vamos buscar elevar o nosso nível técnico e tático, sacar bem e ajustar o sistema defensivo para buscar a vitória. Além disso, sempre contamos com o fator casa. Nossa torcida sempre dá um show e faz a diferença a nosso favor nas rodadas em Osasco”, garante o treinador. “Nosso grupo está unido e focado em evoluir sempre. Vamos com tudo em busca de mais três pontos, desta vez diante de nossos maravilhosos torcedores”, completa Paula Pequeno.
 
Neste início de temporada 2018/19, o Vôlei Osasco já disputou duas finais, com dois vice-campeonatos: contra as bauruenses no estadual, e diante do Praia Clube, na Supercopa. Para a Superliga, a meta é atingir as etapas decisivas novamente e lutar pelo título. “A competição nacional é longa e estamos apenas no início. Nossa margem para crescimento é grande e tenho certeza que vamos evoluir jogo a jogo. O próximo passo é nesta terça-feira, contra Bauru”, explica a levantadora Claudinha.
 
Time para a temporada 2018/19 - O Vôlei Osasco-Audax reformulou seu elenco para a temporada 2018/19. Reuniu três campeãs olímpicas – Paula Pequeno, Walewska e Carol Albuquerque -, além de contar com atletas que defenderam a Seleção Brasileira recentemente – Claudinha e Lorenne - e jogadoras que já defenderam seu país em competições internacionais – Mari Paraíba, Camila Brait, a norte-americana Hooker e a peruana Angela Leyva. Também tem no grupo as centrais Natasha, Nati Martins e a ponteira/oposta Domingas. A equipe osasquense investe ainda na nova geração do esporte. Renovou os contratos da líbero Kika e da levantadora Gabriela Zeni e trouxe a ponteira Vivi e a central Mayara.
 
Novos patrocinadores – Para a temporada 2018/19, o Osasco Voleibol Clube conta com novos patrocinadores: Audax, Grupo Marquise, Grupo Resek (Reserva Raposo), Autopass (Cartão BOM) e Icone.
 
Veja Também: 
 
 
 
 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook