Rio Open anuncia venda de ingressos para edição de 2019

Vice-campeão de Roland Garros, Dominic Thiem volta ao Rio Open em 2019 / Foto: Joao Pires / FotojumpVice-campeão de Roland Garros, Dominic Thiem volta ao Rio Open em 2019 / Foto: Joao Pires / Fotojump

Rio de Janeiro - A sexta edição do Rio Open apresentado pela Claro, que acontece de 18 e 24 de fevereiro de 2019, no Jockey Club Brasileiro, inicia a venda de ingressos no dia 7 de dezembro, com valores que variam entre R$ 30 e R$ 490, através do site  www.tudus.com.br/rioopen
 
O maior evento de tênis da América do Sul já confirmou nomes como o austríaco Dominic Thiem, número 8 do mundo, o atual campeão Diego Schwartzman e o italiano Fabio Fognini, um dos favoritos do público brasileiro. Clientes NET, Claro e Santander já podem garantir os ingressos na pré-venda, a partir desta quarta-feira (28).
 
“É uma enorme satisfação e orgulho poder anunciar que o Rio Open chega à sua sexta edição. Com ela se inicia um novo capítulo da história do evento.  Depois de cinco anos, o torneio firmou-se como o maior evento do calendário do esporte olímpico no Brasil, fora o futebol. Graças ao prestígio imediato do público, à confiança dos parceiros e o reconhecimento de sua contribuição por parte do poder público.O segredo do sucesso, neste caso, é nunca nos conformarmos  com o que alcançamos. Queremos sempre fazer um evento  melhor e estamos preparando com muito empenho e  dedicação a edição o de 2019 do torneio, diz Márcia Casz, diretora geral do Rio Open.
 
A chave principal de simples contará com três jogadores top 20, todos craques do saibro, o piso do Rio Open. Dominic Thiem foi vice-campeão de Roland Garros em 2018 e foi o tenista que mais ganhou jogos na terra batida neste ano (30). O austríaco de 25 anos tem três vitórias contra Rafael Nadal na superfície, um feito raro compartilhado apenas com Gaston Gaudio e Novak Djokovic. Em 2017, ele ganhou o Rio Open sem perder sets. Thiem fará sua quarta participação seguida no torneio.
 
Irreverente, Fabio Fognini é um dos queridos da torcida carioca. Aos 31 anos, o italiano vive um dos melhores momentos da sua carreira. É o atual número 13 do mundo, seu melhor ranking, após vencer três títulos em 2018. No Rio Open, Fognini também tem história. Ele é o jogador com mais vitórias no torneio (11) e foi vice-campeão em 2015 após derrotar Nadal na semifinal.
 
Grande destaque do tênis sul-americano, Diego Schwartzman também conquistou fãs no Rio de Janeiro. Com apenas 1,70m de altura, o "Peque" impressiona pela garra e pela técnica. O argentino ganhou a última edição do Rio Open e depois fez quartas de final de Roland Garros.
 
"É muito importante para o Rio Open ter grandes nomes do circuito marcando presença no torneio, e a edição de 2019 não será diferente, É um privilégio ter três dos melhores jogadores do mundo no saibro como Thiem, Schwartzman e Fognini, retornando ao Jockey Club Brasileiro. Mostra que estamos no caminho certo e é garantia de espetáculo para todos os gostos", afirma Luiz Carvalho, diretor do torneio.
 
Por fim, o Rio Open já tem um brasileiro confirmado na chave: o paranaense Thiago Wild, de 18 anos. Campeão do US Open juvenil de 2018, ele venceu a Maria Esther Bueno Cup, torneio realizado pelo Rio Open em São Paulo entre os oito melhores brasileiros com até 23 anos. Wild não perdeu jogos na competição e se garantiu em seu primeiro ATP 500.
 
Vale ressaltar que o Rio Open é o primeiro ATP World Tour 500 da história do Brasil e integra o seleto grupo de 13 torneios denominados ATP 500, sendo um dos 22 mais importantes do calendário da ATP . Isso o credencia como o maior evento esportivo anual do Rio de Janeiro e um dos únicos torneios ATP 500 de saibro no mundo.
 
“O Rio Open é uma ferramenta de grande transformação para o tênis brasileiro e um divisor de águas em todos os sentidos. Ter a garantia de ver um tênis do mais alto nível ano após ano motivou toda a comunidade tenística e fez com que a modalidade subisse de patamar no cenário esportivo brasileiro. No caso do Rio de Janeiro é nítido que a cidade maravilhosa abraçou o evento e a todos que vem nos prestigiar das várias partes do país e do exterior,” disse Ricardo Acioly, Diretor de Relações do Rio Open. 
 
“O Rio Open e a Claro construíram uma história de sucesso ao longo dos últimos cinco anos. São muitas as características em comum. Assim como a operadora, o torneio está sempre inovando e hoje é um dos maiores do Brasil. Para esta edição, teremos o 4.5G da Claro, com velocidades até dez vezes mais rápidas que o 4G convencional.
 
Quem estiver no Rio Open, que contará novamente com a infraestrutura de serviços de telecomunicações e TI Claro,  vai experimentar toda nossa tecnologia. Este será nosso sexto ano juntos. Temos certeza de que teremos uma edição ainda mais emocionante. E a Claro está orgulhosa por continuar fazendo parte desse momento, pois acredita que o esporte é protagonista na transformação da sociedade”, afirma Paulo César Teixeira, CEO da Claro. 
 
Emoção além do saibro - Oferecer o que há de melhor dentro e fora das quadras. Essa é a proposta da organização do Rio Open apresentado pela Claro. Além dos grandes jogos e treinos que acontecem nas nove quadras de saibro− sendo uma delas a arena central, com capacidade para 6.200 pessoas − há uma área interativa de aproximadamente 10 mil m², o Leblon Boulevard. O espaço oferece atrações para o público que for ao Jockey, com stands, lojas e opções entretenimento e gastronomia. A Praça Rio Open conta com shows e um telão gigante.  O torneio promove diversas atrações cuidadosamente elaboradas. Tudo para uma experiência ainda mais exclusiva e memorável.
 
Seguindo a tendência dos grandes torneios, o Rio Open também conta com a loja com produtos oficias - a La Boutique. Ao todo, cerca de 50 mil pessoas são esperadas no complexo em 2018. O evento conta com transmissão em HD de todos jogos da quadra central pelo Canal SporTV, além de transmissão internacional para mais de 130 países.
 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook