Hang Loose Pro Contest Noronha já tem 4 campeões

Gabriel Medina deve confirmar presença no evento/ Foto: Daniel SmorigoGabriel Medina deve confirmar presença no evento/ Foto: Daniel Smorigo

Fernardo de Noronha - A nova edição do Hang Loose Pro Contest, que está de volta ao arquipélago de Fernando de Noronha, já tem quatro campeões do evento e atletas de 15 países. 
 
A etapa do Circuito Mundial da World Surf League (WSL), com status QS 6000, será disputada de 19 a 24 de fevereiro nas ondas da Cacimba do Padre, e já aparecem na lista provisória de inscritos o espanhol Aritz Aranburu, campeão em 2007, e os brasileiros Alejo Muniz e Miguel Pupo, vitoriosos nas duas últimas edições realizadas na ilha, em 2011 e 2012. 
 
Além deles, estará Deivid Silva, um dos estreantes do CT neste ano e que ganhou o Hang Loose Pro Contest 2017, na Praia de Maresias, em São Sebastião/SP. Outros cinco atletas da elite mundial também já fizeram suas inscrições, o francês Joan Duru e os brasileiros Jadson André, de volta ao Tour, Peterson Crisanto, mais um estreante na primeira divisão do surf, Yago Dora e Jessé Mendes.
 
O time verde e amarelo ainda contará com atletas que já integraram o CT e buscam suas reclassificações- Ian Gouveia, Wiggolly Dantas, Tomas Hermes, Alex Ribeiro, além dos próprios Miguel Pupo e Alejo Muniz. Na mesma condição está o português Frederico Morais. Quem também já disputou a elite e vai competir, sendo um especialista em tubos, é o brasileiro Paulo Moura.
 
Medina - Na relação dos atletas que já solicitaram vagas à WSL, ainda constam dois campeões mundiais pro júnior, o brasileiro Lucas Silveira (2016) e o português Vasco Ribeiro (2014), e o atual campeão sul-americano da Liga, Wesley Santos. Apesar de ainda não aparecer na listagem, o atual bicampeão mundial, Gabriel Medina, deve ser uma das grandes estrelas na competição. Seu pai e treinador, Charles Saldanha Rodrigues, expressou a vontade do atleta competir em Noronha, durante a coletiva de imprensa do recente título.
 
A lista de inscritos ainda segue em aberto e o ‘deadline’ dos atletas do CT se encerra no próximo dia 22 e poderá contar com outros nomes de peso do surf mundial. Esta será a 32ª edição do Hang Loose Pro Contest, que começou a ser disputado em 1986 e teve 13 disputas nas tubulares ondas da Cacimba, de 2000 a 2012. Neste ano, a etapa terá US$ 130 mil de premiação, com US$ 25 mil ao vencedor, além dos importantes 6 mil pontos no ranking logo no início da temporada.
 
Veja Também: