Esporte Olímpico Brasileiro envia quatro toneladas de donativos para as vítimas das enchentes

Em apenas três dias, o Comitê Organizador Rio 2016 recebeu seis toneladas de donativos para as vítimas das enchentes / Foto: Publius VirgiliusEm apenas três dias, o Comitê Organizador Rio 2016 recebeu seis toneladas de donativos para as vítimas das enchentes / Foto: Publius VirgiliusRio de Janeiro - O esporte olímpico brasileiro e a população do Rio de Janeiro deram uma prova de que a solidariedade merece o lugar mais alto do pódio. Em apenas três dias de arrecadação, a sede do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e do Comitê Organizador Rio 2016 recebeu cerca de seis toneladas de donativos para as vítimas das enchentes da Região Serrana do estado do Rio de Janeiro.

 

Nesta quarta-feira, dia 19, um caminhão da Secretaria Estadual de Assistência Social e Direitos Humanos esteve no COB para coletar quatro toneladas de donativos. Diversos atletas e ex-atletas olímpicos, além de colaboradores e voluntários, participaram da ação, entre eles Nalbert Bittencourt e Bernard Rajzman (vôlei), Adriana Behar (vôlei de praia), Agberto Guimarães (atletismo), Paulinho Villas Boas (basquete), Marina Canetti (pólo aquático) e Jacqueline Godoy (basquete). "Este é um momento da colaboração do esporte e de toda a sociedade. Como fala o movimento olímpico, solidariedade é fundamental. E o esporte não pode se ausentar nesse instante. É um orgulho contribuir com pessoas que perderam tudo", disse Bernard.

Das quatro toneladas enviadas, cerca de duas foram de água mineral; uma tonelada de alimentos não perecíveis; 500kg de produtos de limpeza; 250kg de produtos de higiene pessoal (sabonete, pasta de dente, escova de dente e shampoo); 250kg de roupa de cama, banho e colchonetes. "Uma das características do espírito olímpico é a solidariedade. O mutirão é importante para contribuir com todas as pessoas que moram nessas regiões e estão sofrendo com tudo que aconteceu. Todo o esforço é válido", afirmou Nalbert Bittencourt.

As sedes do COB e do Comitê Rio 2016 e o Parque Aquático Maria Lenk continuam como postos oficias de coleta da Secretaria Estadual de Assistência Social e Direitos Humanos na Zona Oeste do Rio de Janeiro. As doações podem ser feitas das 9h às 18h. A prioridade é para o recebimento de material de limpeza, higiene pessoal, leite em caixa, água mineral, alimentos não perecíveis e material descartável (pratos, talheres, copos...). "Temos que colocar em prática a solidariedade. São inúmeras pessoas que perderam tudo. Ganhar um campeonato e uma olimpíada é a vitória do atleta. Agora, no caso das enchentes, é a luta pela vida. É o movimento olímpico fazendo sua parte", disse Adriana Behar.

POSTOS DE COLETA:
Sede do COB e Comitê Rio 2016 (Av. das Américas, 899 - Barra da Tijuca).

Parque Aquático Maria Lenk (Av. Embaixador Abelardo Bueno, S/N, Jacarepaguá).

HORÁRIOS:
Das 9h às 18h.