Seleção brasileira é convocada para o Campeonato Pan-Americano de San Jose

CBJ levará 20 atletas para competição / Foto: DivulgaçãoCBJ levará 20 atletas para competição / Foto: Divulgação

São Paulo - A seleção brasileira de Judô disputará no período de 20 a 22 de abril o Campeonato Pan-Americano Sênior Individual e por Equipes Mistas na cidade de San Jose, na Costa Rica.
 
Nessa competição, que distribui até 700 pontos no Ranking Mundial da Federação Internacional de Judô, o Brasil será representado por 18 atletas de até 25 anos, além dos experientes David Moura e Maria Portela, que lutarão apenas a disputa por equipes classificatória para o Mundial Por Equipes de Baku neste ano.
 
"A opção por atletas jovens já vem desde o ano passado. A gente aprofundou o estudo e vimos que o ápice dos atletas medalhistas olímpicos está na faixa dos 26 anos. Então, a gente acredita que, dando essa experiência aos atletas mais novos, dando a oportunidade deles crescerem no Ranking eles terão mais possibilidade de brigar pela vaga olímpica", apontou Ney Wilson, gestor de Alto Rendimento da CBJ.
 
"Ter participado do Pan-Americano no ano passado me ajudou muito. Me deu uma visão das meninas que eu não conhecia aqui da Pan-América e, com certeza, elas estarão esse ano novamente. Eu consegui pensar em mudanças táticas no meu treinamento para tentar surpreender e estou confiante", disse Bia, que busca também uma classificação inédita para o Campeonato Mundial de Baku.
 
"No ano passado os atletas foram muito bem no Campeonato Pan-Americano Sênior e essa experiência contribuiu para que eles tivessem resultados expressivos também nos eventos da Base, como título mundial júnior do Daniel Cargnin e o vice-campeonato mundial Sub 18 da Milena Silva", relembrou Ney Wilson. 
 
Na programação oficial divulgada pela Confederação Pan-Americana de Judô, as disputas individuais serão nos dias 20 e 21. Já a competição por equipes mistas, que entrou no calendário da FIJ no Mundial do ano passado, será no dia 22. O Brasil é o atual vice-campeão mundial por equipes mistas e, no Pan, a seleção terá o reforço do número um do mundo David Moura (+100kg), que lutará apenas o por equipes. 
 
"Estou feliz de poder reforçar a equipe nessa competição que eu gosto muito de lutar. Estamos iniciando neste novo formato e temos a missão de manter a equipe unida. Antes, era uma competição feminina e outra masculina. Com todos juntos agora, o objetivo é nos mantermos unidos e temos tudo para trazer o ouro, além de garantirmos um bom ranking para o Mundial por Equipes", projetou o peso-pesado brasileiro que apontou Cuba como o grande adversário do Brasil nessa disputa. Classificam-se para o Mundial os 16 países melhores ranqueados na listagem da FIJ.
 
 
FEMININO 
 
48kg: Larissa Farias (FMJ/Minas Tênis Clube)
52kg: Jéssica Pereira (FJERJ/Instituto Reação)
57kg: Tamires Crude (FJERJ/Instituto Reação)
57kg: Kamila Silva (FMJ/Minas Tênis Clube)
63kg: Yanka Pascoalino (FPJudô/EC Pinheiros)
63kg: Alexia Castilhos (FGJ/Sogipa)
70kg: Bruna Silva (FGJ/Grêmio Náutico União)
78kg: Laislaine Rocha (FPJudô/Sesi-SP)
+78kg: Beatriz Souza (FPJudô/EC Pinheiros)
 
MASCULINO
 
60kg: Ítalo Carvalho (FMJ/Ass. Mazzili de Judô)
66kg: Daniel Cargnin (FGJ/Sogipa)
66kg: Michael Marcelino (FPJudô/Sesi-SP)
73kg: David Lima (FGJ/Sogipa)
73kg: Jeferson Santos Júnior (FJERJ/Instituto Reação)
81kg: Eduardo Yudy Santos (FPJudô/EC Pinheiros)
90kg: Rafael Macedo (FGJ/Sogipa)
90kg: Gustavo Assis (FMJ/Minas Tênis Clube)
100kg: Leonardo Gonçalves (FGJ/Sogipa)
 
CONVOCADOS APENAS PARA O PAN-AMERICANO POR EQUIPES
 
70kg: Maria Portela (FGJ/Sogipa)
+100kg: David Moura (FJERJ/Instituto Reação)
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Curta - EA no Facebook