Cross Urbano Caixa encerra temporada com recorde no Recife

Percurso passa por dentro da Arena Pernambuco   / Foto: Fotop / DivulgaçãoPercurso passa por dentro da Arena Pernambuco / Foto: Fotop / Divulgação

São Paulo - De volta à Arena Pernambuco, no Recife (PE), agora em 2018, o Cross Urbano Caixa, circuito de corridas conceito, foi destaque neste domingo (25), encerrando a temporada com a presença de 1.400 competidores, divididos em diversas categorias por idades. 
 
Com muitos elogios dos participantes, que comemoraram o retorno da chamada “corrida dos estádios” à cidade – após disputas em 2014 e 2015 -, o clima esteve perfeito para a realização da prova, em um dia sem sol e com uma chuvinha em alguns momentos. 
 
“O evento nunca deveria ter saído da cidade. Participei das duas primeiras edições, em 2014 e 2015, e essa prova é simplesmente o máximo. Fazendo sol ou chuva, os corredores têm a oportunidade ímpar de uma corrida de rua no Recife, em uma área gigante coberta. Foi top demais", afirmou o competidor Matheus Gama.
 
Disputada pela manhã, a prova teve 6 km e os participantes puderam correr nas dependências da arena, com o público acompanhando da arquibancada inferior a volta olímpica no gramado. No masculino, o melhor tempo entre todos os inscritos ficou com Edvaldo Barbosa dos Santos -  20min32seg. Entre as mulheres, a mais rápida foi Eunice Calixto, com 26min15seg. Atletas do Projeto Social Medalha de Ouro tiveram a oportunidade de participar e se encantaram em conhecer de perto a arena.
 
“O Cross Urbano Caixa voltou com tudo para a capital pernambucana e para ficar. Houve um aumento de 20% nas inscrições em relação à etapa realizada em 2015. Para o ano que vem, a solicitação dos atletas foi para que o evento seja noturno e já reservamos data para uma etapa à noite, em 2019, na Arena Pernambuco”, resumiu Freddy Carvalho, organizador do evento.
 
Este ano, a prova passou pelo Estádio Nacional (Brasília), Mineirão (Belo Horizonte), Arena Castelão (Fortaleza) e terminou no Recife, sempre nas arenas que foram sede da Copa do Mundo de 2014 – padrão FIFA -, dando chance aos participantes de percorrer o estádio e seus arredores, em uma oportunidade de utilizar o espaço das arenas para outros esportes.
 
As quatro etapas da próxima temporada - Em 2019, o calendário provisório prevê uma etapa inédita, no Parque Olímpico, no Rio de Janeiro, além de provas novamente no Estádio Nacional, no Mineirão e na Arena Pernambuco.
 
Veja Também: 
 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook