Provas rápidas encerraram o último dia do Brasileiro de Pista Elite

Programa de competições finalizou campeonato com as provas de keirin, 1km contrarrelógio, 500m e prova por pontos / Foto: Thiago Lemos/CBCPrograma de competições finalizou campeonato com as provas de keirin, 1km contrarrelógio, 500m e prova por pontos / Foto: Thiago Lemos/CBC

Paraná - Ciclistas de vários estados mostraram superação e muita agilidade no encerramento do Campeonato Brasileiro de Pista Elite 2016. No último dia de competições no Velódromo Municipal as provas rápidas exigiram concentração dos atletas com características de velocistas e o público vibrou com a alta competitividade das disputas. 
 
Mais uma vez os atletas da seleção brasileira brilharam e defenderam com muita garra as cores de seus times, com destaque para Gabriela Yumi (Clube Maringaense de Ciclismo), campeã na keirin e dos 500m contrarrelógio, e Kácio Freitas (ACE.Neobox/1009/Greenmax/APIS), ganhador de dois ouros, um também na keirin e outro na 1km contrarrelógio.
 
"Apesar da chuva tivemos uma competição muito forte e pegada. Fico muito feliz pelos títulos e por ter conseguido ajudar minha equipe em um evento tão importante como esse. O nível dos atletas está crescendo rapidamente e isso é bom para o crescimento da disciplina como um todo", contou Kacio.  
Completaram o pódio da keirin masculina o também integrante da seleção brasileira Fernando Sikora, que levou a prata para o Clube Maringaense de Ciclismo, e João Vitor da Silva, de apenas 19 anos, representante da SMEL Foz Team Paraguai, bronze. Já na 1km contrarrelógio, a segunda colocação ficou com Franklin Gomes (Oasco Cycling Team/Penks/SBC Trans/Studio Pier 88) e Davi Romeo (Ciclo Clube Romeo) foi o terceiro colocado.
 
Devido as condições climáticas e visando garantir a integridade física dos competidores, a organização do campeonato em conjunto com os dirigentes responsáveis pelos clubes optou por cancelar a disputa da Omnium. 
 
Nova geração deixa boa impressão - Quem também recebeu muitos aplausos dos visitantes nas arquibancadas foram os jovens talentos das categorias sub 23 e último ano da categoria júnior. Carolina Barbosa, do Clube Maringaense de Ciclismo, impressionou apresentando um belo desempenho em meio a atletas de elite, alcançando a segunda colocação nos 500m contrarrelógio e o terceiro lugar na keirin feminina.  Quem também subiu ao pódio duas vezes no dia foi Thayná de Lima (MU Sub23/Santos), atleta sub23, prata no keirin feminino e bronze na prova por pontos.
 
A paraense Rebeca Fonseca (Manaus Esporte Clube), que vem sendo uma das revelações do ciclismo de estrada, também mostrou suas habilidades na pista, conquistando o título de campeã da prova por pontos ao derrotar a jovem Ana Paula Casetta (Clube Maringaense de Ciclismo), segunda colocada.
 
"Foi uma disputa muito equilibrada, mas consegui sair com a vitória. É muito importante para nós jovens competirmos em um ambiente de alto nível, aprender com os mais experientes. Essa experiência proporcionada pela CBC é incrível e só faz crescer o nosso esporte. O ciclismo de pista brasileiro tem evoluído rapidamente e a meta é alcançar resultados cada vez mais expressivos. Apesar de não ter velódromo na minha cidade, sempre gostei do ciclismo de pista e agora com essa medalha de ouro só vai aumentar a minha motivação ", disse Rebeca. 
 
Categorias participantes:
 
Homens
Categoria Júnior: 18 anos (nascidos em 1998)
Categoria Elite: 23 a 29  anos ou critério técnico
Categoria Sub 23: 19 a 22 anos
 
Mulheres
Categoria Júnior: 18 anos (nascidos em 1998)
Categoria Elite : 23 a 29  anos ou critério técnico
Categoria Sub 23: 19 a 22 anos
 
Paraciclismo
Categoria Ciclismo - C2, C3, C4 e C5. 
 
Maiores informações: www.cbc.esp.br
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Curta - EA no Facebook