Priscilla Stevaux inicia caminhada rumo a Tóquio-2020

Priscilla Stevaux na Argentina  / Foto: DivulgaçãoPriscilla Stevaux na Argentina / Foto: Divulgação

São Paulo - Representante feminina do Brasil na modalidade BMX racing na Olimpíada Rio-2016, a sorocabana Priscilla Stevaux (Shimano/Dougtraining/Chase Bicyles) inicia neste fim de semana o ciclo olímpico visando os Jogos de Tóquio-2020. Stevaux está desde o início de setembro na Argentina, onde prepara-se para a rodada dupla da Copa do Mundo UCI de BMX Supercross em Santiago Del Estero, neste sábado e domingo (29 e 30).
 
A ciclista chega para sua primeira competição visando Tóquio-2020 em boa fase, após ter conquistado o tetracampeonato brasileiro de BMX e de sagrar-se campeã pan-americana, ambas as competições em julho deste ano. "Estou muito feliz em poder representar meu País em mais uma Copa do Mundo, aqui na Argentina, neste novo ciclo olímpico. É muito bom quando chega a etapa da América do Sul. Nos sentimos mais em casa e, como de costume, consigo chegar mais cedo para me preparar melhor na pista", destaca Priscilla.
 
"Espero começar o ciclo olímpico com o pé direito. Estou bastante animada e, depois da conquista do campeonato Pan-Americano Continental, na Colômbia, vou com muita garra em busca dos melhores resultados para o Brasil e, desta forma, fazendo com que conquistemos pontos preciosos já no início deste ciclo", enaltece a sorocabana. "Diferentemente da seleção para Rio-2016, que contavam os cinco melhores resultados de cada um nos anos do ciclo, totalizando dez, desta vez valerá a soma das sete pontuações mais altas de cada atleta nos dois anos. Isso torna a disputa mais justa", explica.
 
L'Étape Brasil - O Shimano Sports Team terá quatro representantes femininas na edição de 2018 do L'Étape Brasil, em Campos do Jordão (SP). Três delas são integrantes do LuluFive Team, Erika Soares, Marcella Toldi e a alemã Nadine Gill, além da ciclista de mountain bike  Viviane Favery (Cannodale Brasil Racing), que vai encarar a disputa como treinamento visando seu próximo desafio no ano, a ultramaratona Brasil Ride. Enquanto a versão completa da prova conta com 117 km, a curta tem 77,2 km.
 
Idealizadora do projeto LuluFive, que conta ainda com uma assessoria esportiva focada em ciclismo, Gisele Gasparotto avalia a expectativa para as integrantes de sua equipe na prova. "Estamos bem otimistas. As três ciclistas do nosso time treinaram muito e têm grandes chances de pódio na classificação geral. Além disso, teremos mais de 20 alunas que também vão correr com nossa camisa. Ou seja, o evento já é um sucesso para nós", comemora Gisele. O trio da LuluFive compete com o medidor de potência FC-R9100-P, além de contar com grupo e rodas Dura-Ace da Shimano.
 
XTerra Estrada Real - Ambas as triatletas do Shimano Sports Team, Sabrina Gobbo (Trek/Shimano) e Laura Mira (Squadra Oggi), estarão neste fim de semana no XTerra Estrada Real, em Tiradentes (MG). A principal competição para ambas será realizada na manhã de sábado, a prova do duathlon: serão 3,5 km de corrida, 33 km de mountain bike e outros 9,5 km correndo. No domingo será a vez da MTB Cup Pro, com mais 43 km de pedal pelas trilhas da região.
 
Espaço das mulheres - A Shimano dá destaque especial a suas atletas, com releases, postagens em mídias sociais, eventos, entre outras ações de comunicação específica para o público feminino. O objetivo é difundir ainda mais o ciclismo feminino e dar atenção às ciclistas que crescem em quantidade e nível de profissionalismo a cada temporada.
 
Veja Também: 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook