Leandro Overall e Derlayne Roque são os primeiros campeões brasileiros de BMX Park

Leandro Overall  / Foto: Thiago LemosLeandro Overall / Foto: Thiago Lemos

Amparo - A primeira edição do Campeonato Brasileiro de BMX Freestyle Park deixou claro o carisma e a força da modalidade no cenário esportivo nacional. O evento, além de reunir os melhores pilotos do país na atualidade, ainda contou com um grande público que vibrou calorosamente a cada manobra lançada na Pista Municipal de BMX Freestyle da cidade de Amparo, em São Paulo.
 
“Ficamos muito felizes com a alta competitividade apresentada em todas as categorias. Faço questão de agradecer o esforço de cada piloto para conseguir estar no Brasileiro. Sabemos das dificuldades, mas tenho certeza que valeu a pena, foi um momento histórico que ficará marcado na memória da nossa modalidade. Esse campeonato foi um passo muito importante para o BMX Freestyle Park”, declarou Diogo Canina, medalhista nos X Games 08 e 09, e atual Coordenador da disciplina na CBC.
 
Sob o grito contagiante da torcida, mais de 70 pilotos se enfrentaram na briga pelo título nacional.  No sábado, os pilotos disputaram as fases classificatórias e apenas os melhores avançaram para as finais, que foram disputadas no domingo.
 
A categoria Elite feminino abriu a disputa por medalha, e mesmo contando com uma baixa média de idade entre as competidoras, a disputa foi acirrada do início ao fim.  O título ficou com a brasiliense Derlayne Roque, que após somar 75,67 pontos, garantiu a medalha de ouro e se tornou a primeira campeã brasileira do BMX Park nacional. Natália Margini marcou 66,67 pontos e ficou com a medalha de prata, enquanto Vêronica Feitosa garantiu o bronze com 63,33 pontos.
 
“Ainda não consigo acreditar de tão feliz que estou. Eu sabia que tinha feito uma boa apresentação, mas não imaginava terminar com a medalha de ouro. Essa edição do Brasileiro será muito importante para contribuir com o desenvolvimento da nossa disciplina, principalmente para a categoria feminina, que foi muito respeitada em todos os aspectos, inclusive com premiação igualitária com a categoria masculina. Vai ser demais poder vestir a camisa de campeã durante a próxima temporada, será um orgulho”, contou a campeã Derlayne.
 
Na prova da Elite masculina, Leandro Overall foi destaque desde a fase classificatória. O piloto, decidido a arriscar suas mais diversas manobras, fez bonito e deixou o público enlouquecido a cada volta na Pista de Amparo. Na grande final, Leandro voltou a fazer bonito e conquistou a medalha de ouro com 78,67 pontos, contra 77,03 de Cauan Madona, segundo colocado. Anderson Ribeiro completou o pódio em terceiro com 76,50 pontos.
 
“O nível estava forte, hoje temos uma geração bastante talentosa no país e isso deixou a prova bastante equilibrada. Poder sair com a vitória logo no primeiro campeonato brasileiro é muito gratificante. O campeonato foi um sucesso, bem organizado, todos os envolvidos estão de parabéns”, declarou Leandro.
 
Geração promissora - Representando as promissoras categorias de base, Gustavo de Oliveira, mais conhecido como “Bala Loka”, de apenas 16 anos, competiu de igual pra igual contra as principais referências da modalidade, terminando com a vitória na categoria Juvenil e terceiro lugar na geral da categoria Elite, que reuniu pilotos da Juvenil, Junior e Elite Pro na mesma disputa.
 
A paranaense Eduarda Bordignon, 18 anos, conquistou a medalha de ouro na categoria Junior e terminou em segundo lugar na classificação geral da Elite feminino. Já na Junior masculino, Gil Coutinho ficou em primeiro lugar com 40,27 pontos, enquanto Wesley Moraes Velho terminou em segundo com 28,17 pontos, e Lucas Nogueira Paiva em terceiro com 26,83 pontos.
 
Os resultados completos de todas as categorias podem ser acessados no link: https://bit.ly/2QBo3ES
 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook