Teste da canoagem será feito sem entorno e adaptado "à realidade", diz diretor | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Teste da canoagem será feito sem entorno e adaptado "à realidade", diz diretor

Parque Olímpico de Deodoro é o segundo maior centro de competições dos Jogos Rio 2016 / Foto: Rio 2016 / Alex  Ferro

Rio de Janeiro - As obras do parque olímpico de Deodoro, a principal instalação para os Jogos Olímpicos de 2016, estão atrasadas. Por conta disso, o circuito da canoagem slalom, um dos mais complexos do local, deverá ter seu evento-teste, agendado para novembro deste ano, sem um entorno adequado. 

Diretor de gestão de instalações do Comitê Rio 2016, Gustavo Nascimento confessou, em entrevista ao SporTV, que os testes serão adequados "à realidade". 

"A gente planeja o evento-teste com esta realidade. Nosso evento tem o principal objetivo testar o sistema de resultado e a área de competição. Quando temos essa realidade de obra no entorno, a gente molda o escopo do evento, em outras palavras, a capacidade, quem é que vai vir, de forma que a gente possa ter uma realização tranquila", explica. 

A pretensão, segundo Gustavo é cumprir o objetivo "que é garantir que a área de competição e o sistema de resultados" estejam de acordo e sejam homologados. "Não atrapalha, desde que tenhamos condições de testar. O importante é termos o canal, a corredeira, funcionando perfeitamente", diz. 

A conclusão oficial do circuito de canoagem está prevista para o primeiro trimestre de 2016. Futuramente após os Jogos a área deve ser convertida em um parque público. Recentemente, o prefeito da cidade, Eduardo Paes, gerou polêmica ao engrossar uma ideia de que após os Jogos o circuito de canoagem seja usado apenas pela população e não mais pelos atletas cariocas, conforme era previsto. 

 

Veja Também: 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook