Thiago Braz estabelece novo recorde Sul-Americano no salto com vara | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Thiago Braz estabelece novo recorde Sul-Americano no salto com vara

Thiago Braz bate recorde sul-americano no salto com vara  / Foto: Divulgação/CBAt

Cartagena - Thiago Braz, campeão mundial de juvenis, quebrou na sexta-feira, dia 5 de Julho, o recorde continental do salto com vara, com a marca de 5,83 m.
 
Com o resultado, ele conquistou a medalha de ouro do Campeonato Sul-Americano de Atletismo, em Cartagena, na Colômbia, e assegurou a vaga para integrar a equipe brasileira no Mundial de Moscou, em agosto.
 
O recorde anterior da prova era de Augusto Dutra, com 5,82 m, obtido em junho, na Alemanha. Thiago, prata na Olimpíada da Juventude de Singapura, é companheiro de treinamento de Augusto, Fabiana Murer e Karla Rosa, todos orientados por Elson Miranda e qualificados para o Mundial.
 
"O resultado dele é maravilhoso, ainda mais por ser um garoto de apenas 19 anos. Ele é um grande talento", disse, emocionado, o treinador.
 
João Gabriel Santos Sousa terminou com a medalha de bronze, com 5,40 m, mas também irá ao Mundial, já que obteve o índice CBAt de 5, 60 m na semana passada em São Paulo.
 
Fernanda garante vaga em Moscou - A delegação brasileira foi reforçada nesta sexta-feira com Fernanda Borges, que venceu a prova do lançamento do disco, com 60,79 m. Com o título de campeã sul-americana, a atleta assegurou qualificação para o Mundial de Moscou. "É um alívio. No Mundial de 2011 fiquei fora por 2 cm e foi uma tristeza enorme. Agora, ao contrário, estou muito feliz", comentou.
 
Primeiro ouro - A primeira medalha de ouro do Brasil no Sul-Americano foi conquistada por Solonei Rocha da Silva, nos 10.000 m. Ele completou a distância em 29:51:79 e comemorou muito o resultado. Afinal, ele corre esta prova apenas como treinamento para a maratona, especialidade em que está qualificado para o Mundial.
 
"O ouro foi uma surpresa. Claro que queria um bom resultado, mas enfrentei corredores de pista, o que não é o meu caso. Estou muito feliz e alcançando metas nunca sonhadas", disse, referindo-se ao ouro na maratona do PAN de Guadalajara-2011 e a vitória na Maratona de São Paulo de 2012. "Minha vida virou em apenas 4 anos como atleta profissional."
 
Dobradinha nos 100m -  As brasileiras dominaram a prova mais rápida do Atletismo. Ana Cláudia Lemos e Franciela Krasucki conquistaram as medalhas de ouro e de prata dos 100 m, em Cartagena, com as marcas de 11.21 e 11.27, demonstrando mais uma vez estarem em grande forma.
 
"Estou treinando forte para o Mundial, mas sabia que podia sair um bom resultado aqui. Fiz uma boa prova e feliz com a vitória", comemorou Ana Cláudia, bicampeã sul-americana.
 
Nos 100 m masculino, Bruno Lins ficou com a medalha de prata, com 10.33. A de ouro ficou com o equatoriano Alex Quiñonez, com 10.22. José Carlos Moreira, o Codó, ficou em quarto lugar, com 10.38.
 
Mais vitórias - Entre os bons resultados obtidos pelos brasileiros nesta sexta-feira estão as medalhas de ouro conquistadas por Mauro Vinícius da Silva, o Duda, no salto em distância, com 8,24 m, Keila Costa, no salto triplo, com 14,21, Joelma Sousa, nos 400 m, com 52.25, e Jean Carlos Dolberth, nos 1.500 m, com 3:45.94.
 
Nos 110 m com barreiras, Matheus Inocêncio foi prata, com 13.67 (1.0), e Jonatha Nascimento ficou com o bronze, com 13.84. Nos 100 m com barreiras, Fabiana Moraes ganhou o bronze, com 13.21 (2.0). Outra medalha de prata foi conquistada por Wagner Cardoso, nos 400 m, com 46.38.

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook