Técnicos acusados de doping poderão voltar ao Esporte | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Técnicos acusados de doping poderão voltar ao Esporte

Bruno Lins (807) é um dos atletas que foram flagrados em 2009 / Foto: Wagner Carmo/CBAtSão Paulo - Os treinadores Jayme Netto Junior e Inaldo Justino de Sena vão poder voltar a trabalhar com o esporte. A Confederação Brasileira de Atletismo havia pedido a suspensão vitalícia de ambos, acusados de permitir o doping de cinco atletas da Rede Atletismo, um dos times mais fortes do Brasil, com sede em Presidente Prudente, interior de São Paulo.

 

 

Um exame antidoping surpresa feito nos atletas em 2009 revelou o caso. Foi constatado que cinco atletas haviam ingerido a substância EPO, um hormônio sintético de eritropoietina. Por causa da descoberta, os esportistas flagrados abandonaram o Mundial de Berlim, em 2009, num dos casos de doping de maior repercussão no esporte brasileiro.

A primeira decisão, tomada pela Comissão Nacional Disciplinar (CND), decidiu punir os dois treinadores por quatro anos. O órgão máximo do atletismo brasileiro recorreu da decisão, pedindo que o Supremo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) suspendesse os dois pra sempre. A decisão foi aceita, só que foi a vez dos treinadores recorrer ao Tribunal Arbitral do Esporte.

No TAS, a decisão foi de manter a primeira punição, afastando do esporte os dois técnicos por 04 anos. Oficialmente eles estão suspensos desde o dia 11 de março de 2010. Com a decisão, em dois anos Jayme Netto e Inaldo Justino poderão retomar a carreira em 2012.  

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook