Sul-Americano de Assunção é chance de classificação para o Mundial | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Sul-Americano de Assunção é chance de classificação para o Mundial

Campeões continentais podem conquistar vaga para Londres; delegação brasileira que disputa o torneio no Paraguai, entre 23 e 25 de junho, tem 15 integrantes da B3 Atletismo / Foto: Osvaldo F./Contrapé/B3 Atletismo

São Paulo - A B3 Atletismo tem 15 integrantes na delegação brasileira que disputará o Campeonato Sul-Americano, em Assunção (no Paraguai). A competição, que será realizada entre sexta-feira e domingo (23 a 25/6/2017), é mais uma oportunidade de classificação para o Mundial de Londres, principal competição da temporada, em agosto.
 
O campeão continental tem vaga garantida em Londres desde que, ao fim do prazo para a obtenção de índices (23 de julho), esteja entre os 40 melhores do ranking olímpico (que conta no máximo três atletas por país), segundo critério definido pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt).
 
Mariana Marcelino, do lançamento do martelo, é uma das atletas que pode aproveitar a chance extra de classificação. A catarinense de 24 anos, recordista brasileira da prova, já melhorou sua marca pessoal três vezes na temporada - no Troféu Brasil, há duas semanas, alcançou os 67,02 m. Como o índice para Londres é de 71 metros, o Sul-Americano é um caminho para o Mundial. "Com a evolução das minhas marcas na temporada, já acho possível ganhar o Sul-Americano e ir para o Mundial". Este também é o caso de Fernando Ferreira, do salto em altura, que melhorou sua marca pessoal no GP Brasil (2,28 m), ficando a dois centímetros do índice e ocupa a 16ª posição do ranking mundial.
 
Para aqueles que já têm índice para Londres, o Sul-Americano é uma oportunidade para melhorar os resultados no ano e subir de posição no ranking mundial. A B3 Atletismo tem dez atletas com marcas mínimas para o Mundial e, destes, estarão no Paraguai: Darlan Romani (arremesso do peso), Wagner Domingos (lançamento do martelo), Fernanda Borges (lançamento do disco), Núbia Soares (salto triplo) e Vitória Rosa (100 m e 200 m).
 
A triplista Núbia, de 21 anos, que venceu o Troféu Brasil com 14,56 m, marca que a coloca na 4ª posição do ranking mundial, mira uma melhora de resultado. "Entrei na final do triplo um pouco travada porque tinha disputado o salto em distância no dia anterior. No Sul-Americano, em que vou fazer somente o triplo e vou estar mais solta, pode sair um resultado melhor. Quero chegar aos 14,80 m, mas os 15 metros continuam sendo o foco".
 
Atletas da B3 no Sul-Americano de Assunção:
 
Alexander Russo - 4x400 m
Darlan Romani - arremesso do peso
Fernando Ferreira - salto em altura
Hugo Balduíno - 4x400 m
Lutimar Abreu Paes - 800 m
Paulo Sérgio Oliveira - salto em distância
Ronald Julião - lançamento do disco
Wagner Domingos - lançamento do martelo
Fernanda Borges - lançamento do disco
Jailma Sales de Lima - 400 m com barreiras e 4x400 m
Jéssica Roberti da Silva - 4x400 m
Mariana Marcelino - lançamento do martelo
Núbia Soares - salto triplo
Tatiane Raquel da Silva - 3.000 m com obstáculos
Vitória Rosa - 100 m, 200 m e 4x100 m
 
Atletas da B3 com índice para o Mundial de Londres:
 
Darlan Romani - arremesso do peso
Luiz Alberto de Araújo - decatlo
Márcio Teles - 400 m com barreiras
Thiago do Rosário André - 800 m e 1.500 m
Wagner Domingos - lançamento do martelo
Érica de Sena - marcha atlética 20 km
Fernanda Borges - lançamento do disco
Núbia Soares - salto triplo
Tânia Ferreira da Silva - salto triplo
Vitória Rosa - 100 m e 200 m
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook