Potiguar conquista o 7º título da Copa Brasil Caixa de Marcha 50 km | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Potiguar conquista o 7º título da Copa Brasil Caixa de Marcha 50 km

Cláudio Richardson fecha os 50 km para conquistar o heptacampeonato na Copa Brasil Caixa de Marcha / Foto: João Pedro Nunes/CBAtBarueri - O potiguar Cláudio Richardson dos Santos confirmou o seu favoritismo e, mesmo numa prova disputada sob calor intenso, venceu a Copa Brasil Caixa de Marcha 50 km, neste domingo 30, em Barueri, cidade da Grande São Paulo.

 

 

 Além da vitória, o atleta de 33 anos, de Currais Novos (RN), comemorou o inédito heptacampeonato e a classificação para a Copa Pan-Americana de Marcha, marcada para os dias 26 e 27 de março, na cidade de Sabaneta, na Colômbia.

"Tirei o calor de mais de 30 graus de letra. Treino em Currais Novos, sempre a partir das 15 horas, quando o calor também é forte. O que me atrapalhou foi ter parado três vezes, com problemas intestinais", comentou Cláudio. "Se não, teria feito uma competição bem mais rápida", disse o atleta.

Cláudio completou as 50 voltas no circuito de 1 km, montado em frente ao Ginásio Municipal José Corrêa, em 4:13:20. "Diante da situação, acho que consegui um excelente resultado", comentou o marchador, sem clube há dois anos, que tem uma ajuda de custo da Prefeitura de Currais Novos, competiu como convidado da CBAt, e trabalha como cabeleireiro no salão da namorada e atende os clientes mais antigos em casa.

Feliz por ter se classificado para a Copa Pan-Americana de Marcha, ele vai retomar o ritmo antigo de treinamento. "Já havia parado, aí participei da Meia Maratona de Natal e cheguei em 5º lugar. Aí recebi o convite da Prefeitura de Currais Novos para continuar no esporte. Meu objetivo é ir para o PAN do México", completou o marchador, 7º no PAN do Rio, em 2007.

Os 2º colocado Luiz Felipe dos Santos (ASSEM São José dos Campos) e o 3º, Samir César Sabadin (Abzalão de Piracicaba), juntos com Cláudio, representarão o Brasil na Copa Pan-Americana.

Luiz Felipe garantiu que o segundo lugar foi excelente devido às dificuldades encontradas na prova, que teve largada às 6:30, com 20 graus e 89% de umidade e rapidamente atingiu 32 graus à sombra. "Tive problemas com o estômago a partir do km 28. Comecei a sofrer muito cedo e só consegui ingerir água", disse Luiz Felipe. "Só fiz os últimos 10 km porque fiquei pensando no sacrifício feito no final do ano, longe da família no Natal e no Ano Novo. Aí consegui forças,", explicou Luiz, que fez a prova em 4:50:11.

Já Samir César Sabadin, que marcou 5:53.27, foi um verdadeiro sobrevivente. "A partir do Km 31 comecei a sentir dores lombares. Tive de parar pelo menos umas 12 vezes para fazer alongamento e conseguir continuar na prova", disse o atleta que mora em Curitiba. "Nas últimas voltas a dor parou e imprimi um ritmo mais forte", completou.

Mário José dos Santos Júnior e Jonathan Riechmann (Orcampi/Unimed) abandonaram a prova, enquanto Diogo Dias Gamboa (Assem), Domingos Rosa de Souza (GR Barueri) e Tiago do Nascimento Fonseca (Engenho Velho-Embu), foram desclassificados pela arbitragem.

Mário José dos Santos Júnior, da BM&FBovespa, recordista brasileiro da modalidade e líder do ranking brasileiro desistiu no Km 36 por causa do forte calor (mais de 40 graus no asfalto). "Vi que não teria condições de melhorar a minha marca, o que era o meu objetivo, e resolvi parar", disse o vice-campeão do PAN de Santo Domingo, em 2003. "Devo fazer uma prova na China para assegurar meu lugar no PAN do México e quem sabe o índice para o Mundial de Daegu, na Coreia do Sul", concluiu Mário.

A competição foi uma realização da CBAt, co-organizada pela Federação Paulista de Atletismo, com patrocínio da Caixa Econômica Federal e apoio da Prefeitura de Barueri.

Leia mais no site do evento - acesso pelo link abaixo:
http://www.cbat.org.br/competicoes/copa_marcha/default.asp

FESTIVAL DE MARCHA
Ao mesmo tempo da Copa Brasil Caixa de Marcha 50 Km, a Federação Paulista de Atletismo organizou o Festival de Marcha em Barueri, com o objetivo de incentivar a prática da modalidade.

Foram disputadas provas em distâncias que foram dos 2 km até os 10 km, para todas as categorias de idade, do pré-mirim ao adulto. A competição reuniu dezenas participantes e foi aberta a atletas federados e não-federados.

A COPA CONTINUA
As demais provas da Copa Brasil Caixa de Marcha serão disputadas nos dias 19 e 20 de fevereiro, no mesmo local. As inscrições devem ser feitas por intermédio de preenchimento das fichas disponibilizadas no site da CBAt até o dia 11 de fevereiro.
 
 

 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook