Pernambuco confirma favoritismo no Troféu Norte-Nordeste | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Pernambuco confirma favoritismo no Troféu Norte-Nordeste

Bruno Lins é destaque individual da competição em Fortaleza / Foto: Dudu Ruiz/Divulgação

Ceará - A seleção de Pernambuco ratificou o favoritismo e conquistou o título do 40º Troféu Norte-Nordeste Caixa Adulto de Atletismo "Professor Manoel Trajano", que foi encerrado na manhã deste domingo (dia 25), no Estádio da Universidade de Fortaleza (UNIFOR), na capital do Ceará.
 
A equipe manteve a hegemonia na competição ao conquistar 31 medalhas nos três dias de disputas, sendo 11 de ouro, 9 de prata e 11 de bronze. As provas finais foram apertadas com Piauí, que chegou a empatar em número de ouros (11), mas acabou com o vice-campeonato, com 25 (mais oito de prata e seis de bronze), seguido do Rio Grande do Norte, com 26 (quatro, 10 e 12).
 
Piauí foi campeão da categoria masculina, com 10 medalhas (cinco, duas e três), à frente de Pernambuco, com 14 (quatro, cinco e cinco). No feminino, a situação se inverteu, com Pernambuco em primeiro, com 17 medalhas (sete, quatro e seis) e Piauí em segundo, com 15 (seis, seis e três).
 
Bruno Lins, que nasceu em Maceió, em Alagoas, voltou a disputar a competição depois de 10 anos vinculados a clubes de São Paulo. Representante do Brasil nos Jogos Olímpicos do Rio 2016, ele foi eleito o destaque da categoria masculina da competição. Ele ganhou ouro nos 100 e nos 200 m e ajudou a equipe de Piauí a vencer nos revezamentos 4x100 e 4x400 m.
 
"Ninguém sabe como estou feliz por voltar às minhas origens. Foi emocionante competir aqui e procurei fazer o melhor que pude dentro de minhas condições físicas atuais", comentou o velocista de 29 anos. "Estou contente pelas quatro medalhas de ouro e por ter ajudado Piauí a ter obtido bons resultados. Agora, vou descansar um pouco, voltar aos treinos e pensar na próxima temporada", comentou o atleta, que mora em Presidente Prudente (SP).
 
No feminino, a pernambucana Kerolayne Camila da Silva, que bateu o próprio recorde da competição no lançamento do martelo, com 52,97 m, foi eleita o destaque.
 
A competição começou na sexta-feira (23) e reuniu 195 atletas de 15 Estados das duas regiões e convidados do Distrito Federal.
 
Os campeões da quarta etapa da competição
 
3.000 m com obstáculos - Garcez Freitas Santos (SE)- 9:50.98
3.000 m com obstáculos - Barbara Beatriz Costa (PI) - 12:33.58
Lançamento do disco - Wedson Barbosa da Silva (PB) - 40,92 m
Salto em distância - Taynara Bento Carvalho (PE) - 5,60 m (-1.0)
200 m - Estefany Santos Pereira (SE) - 25.14 (-1.4)
200 m - Bruno Lins (PI) - 21.17 (-0.5)
Heptatlo - Gleyci Kelly Nascimento (AL) - 3.931 pontos
4x400 m feminino - Piauí - 3:57.88
4x400 m masculino - Piauí - 3:16.94
Decatlo - Afonso Silva Costa (CE) - 6.262 pontos
 
Mais informações no endereço da competição:
http://www.cbat.org.br/competicoes/nortenordeste/2016/default.asp
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook