Mais um atleta obtém índice para o Mundial da Polônia | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Mais um atleta obtém índice para o Mundial da Polônia

Pedro Luiz Barros garante vaga no dardo no Brasileiro Caixa Sub-20, em Porto Alegre / Foto: Fernanda Davoglio/CBAt

Porto Alegre - O mato-grossense Pedro Luiz do Prado Barros (São Paulo) garantiu na tarde deste sábado (dia 11) a qualificação para o Campeonato Mundial de Bydgoszcz, na Polônia, ao vencer a prova do lançamento do dardo do Campeonato Brasileiro Caixa Sub-20 Interseleções de Atletismo, com a marca de 69,48 m, na nova pista da Sogipa, em Porto Alegre (RS).
 
Nascido em Cuiabá, com 18 anos, o atleta do IEMA, de São Caetano do Sul, superou o índice de 68 metros na quinta tentativa das seis a que teve direito. "Quando entrei no estádio, achei que seria difícil conseguir o índice. Estava frio e ventando. Justamente no quinto lançamento decidi ir para o tudo ou nada e deu certo. Fiquei muito emocionado", comentou o atleta, que tinha 68,10 m como melhor resultado pessoal, marca obtida antes do período válido como obtenção do índice.
 
Paulo Luiz tem experiência em Seleções Brasileiras de base em competições da área sul-americana e pan-americana e comemora a classificação para o primeiro Campeonato Mundial. "É a realização de um sonho. O objetivo agora é treinar mais ainda e tentar melhorar os resultados na Polônia", comentou o atleta, treinado por João Paulo Alves da Cunha.
 
Outro atleta do IEMA assegurou a convocação mais cedo ao vencer o lançamento do disco. Cleverson Pereira Oliveira (São Paulo) conquistou a medalha de ouro, com 57,92 m. "Esperava uma marca um pouco melhor, mas não é motivo de desânimo. Ao contrário, agora é focar 100% no Mundial", disse o paulista de 19 anos.
 
Nos 110 m com barreiras, a medalha de bronze de Rafael Henrique Campos Pereira (Minas Gerais) garantiu a classificação do atleta para o Mundial. Com o índice assegurado, ele tinha de disputar a final em Porto Alegre e completou a prova em 14.34 (1.9). Heitor Roque Coelho e Pedro Hyaggo Nattan, ambos de São Paulo, terminaram em primeiro e em segundo lugares, com 13.72 e 13.79, respectivamente.
 
No salto em distância, uma alegria e uma tristeza. Anderson Alan Alves dos Reis (São Paulo) assegurou a medalha de ouro, com 7,42 m (2.1) e a vaga para o Campeonato Mundial de Bydgoszcz. "O clima infelizmente atrapalhou muito. Não deu para manter uma sequência de saltos", afirmou o atleta da ASA São Bernardo, treinado por Luciana Alves dos Santos. "No Mundial, tenho de saltar pelo menos 7,60 m para ir à final e 7,90 m para brigar por uma medalha", concluiu.
 
O mato-grossense Eberson Matucari, também qualificado para o Mundial, terminou em quarto lugar na prova, com 7,06 m (2.3). Infelizmente, ele teve de deixar o estádio de ambulância, depois de se contundir na terceira tentativa. Ele foi levado para o Hospital Cristo Redentor para exames, com suspeita de uma pequena fratura no tornozelo esquerdo.
 
No decatlo, após cinco provas, Anderson Luiz Souza da Silva (PE) é o líder com 3.508 pontos, seguido de Felipe dos Santos Rodrigues (PR), com 3.491 e de Pablo Gabriel de Freitas (PR), com 3.293. No heptatlo, após quatro provas, Roberta Almeida dos Santos (RJ) ocupa a primeira colocação, com 2.850 pontos, seguida de Raiane Vasconcelos Procópio (SP), com 2.830, e de Evelyn Tirado Padilha (SP), com 2.800.
 
No quadro parcial de medalhas, São Paulo assumiu a liderança, com 27 pódios, sendo 13 de ouro, 11 de prata e 3 de bronze. Santa Catarina está em segundo lugar, com 11 medalhas (3 de ouro, 4 de prata e 4 de bronze), seguida do Paraná, com 5 (1 de ouro, 1 de prata e 3 de bronze).
 
Pódios da segunda etapa
 
110m com barreiras (1.9)
1-Heitor Roque Coelho (São Paulo) - 13.72
2-Pedro Hyaggo Nattan e Silva (São Paulo) - 13.79
3-Rafael Henrique Campos Pereira (Minas Gerais) - 14.34
 
100 m com barreiras(0.9)
1-Vitória Sena Batista Alves (São Paulo) - 14.18
2-Milena Rodrigues Costa (São Paulo) - 14.23
3-Tainara Gonçalves de Abreu (Mato Grosso) - 14.31
 
Lançamento do disco masculino
1-Cleverson Pereira Oliveira (São Paulo) - 57,92 m
2-Wellinton Fernandes da Cruz Filho (São Paulo) - 56,56 m
3-Saymon Rangel Hoffmann (Rio Grande do Sul) - 53,13 m
 
Salto em distância masculino
1-Anderson Alan Alves dos Reis (São Paulo) - 7,42 m (2.1)
2-Lucas Basílio de Souza (São Paulo) - 7,24 m (3.0)
3-Lazaro Julio da Silva (Mato Grosso0 - 7,09 m (0.5)
 
1.500 m masculino
1-Patrick Aguinaldo Barbosa (Santa Catarina) - 3:58.54
2-Rodrigo Valério Silva (São Paulo) - 3:58.87
3-Esdras Martins de Lima (São Paulo) - 3:59.53
 
1.500 m feminino
1-Gabriela Lamb Bender (Rio Grande do Sul) - 4:40.66
2-Karinee Lopes da Silva (Mato Grosso) - 4:41.70
3-Ana Karolyne de Campos Silva (Mato Grosso) - 4:46.54
 
3.000 m feminino
1-Hellen Cristina Trindade Ferreira (Minas Gerais) - 10:28.88
2-Lorena Nunes Alves (Distrito Federal) - 10:33.26
3-Gabriela Lamb Bender (Rio Grande do Sul) - 10:36.71
 
400 m masculino
1-Maykon Kennedy do Nascimento (São Paulo) - 48.48
2-Mikael Antonio de Jesus (Paraná) - 49.23
3-Fabio de Oliveira (Santa Catarina) - 49.40
 
400 m feminino
1-Daysiellen Atla Dias (São Paulo) - 56.15
2-Jacqueline Cristiane Alves (São Paulo) - 56.42
3-Milena Dranka (Santa Catarina) - 57.04
 
Lançamento do dardo masculino
1-Pedro Luiz do Prado Barros (São Paulo) - 69,48 m
2-Maxwell Lucas Oliveira (São Paulo) - São Paulo) - 63,66 m
3-Pedro Henrique Nunes Rodrigues (Amazonas) - 62,73 m
 
5.000 m masculino
1-Walace Evangelista Caldas (São Paulo) - 15:13.09
2-Robison Gomes da Silva Junior (Minas Gerais) - 15:15.73
3-Wanderson Alves da Silva (Goiás) - 15:24.85
 
4x100 m masculino
1-São Paulo - 41.86
2-Santa Catarina - 42.80
3-Mato Grosso - 43.37
 
4x100 m feminino
1-São Paulo - 46.82
2-Santa Catarina - 48.03
 
A competição termina neste domingo, com a disputa das duas últimas etapas, a partir das 08 horas. Todas as provas terão transmissão ao vivo pela TV CBAt por meio do Facebook, (https://www.facebook.com/oficialcbat/).
 
Mais informações: http://www.cbat.org.br/competicoes/brasileiro_sub20/2016/default.asp
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook