Líder Mundial dos 100m correrá no RJ | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Líder Mundial dos 100m correrá no RJ

Dexter Lee competirá no GP Brasil Caixa 2011, no Rio de Janeiro / Foto: Getty IMages/IAAFSão Paulo - O 27º Grande Prêmio Brasil Caixa de Atletismo 2011 será disputado no dia 26 de maio, no Estádio João Havelange, o Engenhão, no Rio de Janeiro. A competição terá a participação de mais de uma centena de atletas, sendo 85 ranqueados entre os 50 primeiros do ano passado da Federação Internacional de Atletismo (IAAF). Eles representarão 29 países.

Entre os confirmados, um lidera o Ranking Mundial de 2011. O jamaicano Steve Mullings, 1º dos 100 m, com 9.90, o que garante bom índice técnico e bom resultado. As 16 provas programadas serão disputadas a partir das 15 horas, com a prova do lançamento do martelo feminino. A ENTRADA DO PÚBLICO SERÁ LIVRE.

Steve Mullings, de 28 anos, correu este ano os 100m em 9.90, em Starkville, no Mississippi (Estados Unidos), no dia 16 de abril. Ou seja, o atleta está em plena forma e poderá obter um grande resultado no Rio.

O panamenho Alonso Edward, que foi a única sombra do jamaicano Usain Bolt no Campeonato Mundial de 2009, realizado em Berlim, na Alemanha, ganhou a medalha de prata nos 200 m e correrá no Rio os 100 e os 200 m. Além de subir ao pódio, em Berlim, Edward marcou 19.81, novo recorde sul-americano dos 200 m. Ele superou o recorde anterior, que pertencia havia 10 anos ao brasileiro Claudinei Quirino, que tinha 19.89.

Nos 100 m masculino, o britânico Dwain Chambers (n.13 do mundo), é outra atração da prova, assim como os norte-americanos Edwards Monzavous (n. 14) e J-Mee Samuels (n. 20), além de Keston Bledman (n. 18) e Marc Burns (n. 31), de Trinidad y Tobago, e Kimmari Roach (n. 34), da Jamaica.

Nos 200 m, Alonso Edwards terá como adversários Steve Mullings (n. 11 do mundo em 2010), Xavier Carter (n. 11 também), dos Estados Unidos, o brasileiro Nilson de Oliveira André (n. 28), Greg Nixon (n. 35), dos USA, Ainsley Waugh (também n. 35), da Jamaica, e Daniel Grueso (n. 40), da Colômbia.

Os brasileiros terão uma participação importante no GP Brasil. Fabiana de Almeida Murer, vice-líder do Ranking da IAAF de 2010 e medalha de ouro no Mundial Indoor de Doha, em 2010, será um dos destaques da competição.Ela terá como adversárias Jillian Schwartz (n. 11)m, de Israel, a norte-americana Kylie Hutson (n. 21), a cubana Yarisley Silva (n. 31) e a canadense Kelsie Hendry (n. 44).

No salto em distância feminino, a estrela será a campeã olímpica Maurren Maggi, que enfrentará a também brasileira Keila Costa, bronze no Mundial Indoor de Doha (n. 34). Três norte-americanas estão confirmadas: Janay De Loach (n. 4), Brianna Glenn (n. 15) e Funmi Jimoh (n. 15). A russa Elena Sokolova (n. 28) também está inscrita.

O salto em altura masculino terá nada menos do que o número 2 do Mundo no ano passado, o norte-americano Dusty Jonas, que tem 2,36 m como recorde pessoal. A prova será competitiva, pois o número 7 de 2010, o também norte-americano Andra Mason está confirmado, assim como Trevor Barry (n. 16), das Bahamas, Joe Kindred (n.18), Keit Moffart (também 18) e Jamie Nieto (n. 49), todos os três dos USA.

Nos 400 m com barreiras, o norte-americano Johnny Dutch, vice-líder do Ranking 2010, com 47.63 é o grande favorito. Vice-campeão mundial júnior de Bydgoszcz, na Polônia, ele fez 50.34 em 2011. O nipo-brasileiro Mahu Suguimati (n. 25 do mundo), será um de seus principais adversários.

No salto triplo masculino, que contará com nove atletas entre os 50 do mundo, sendo três entre os 10 mais bem colocados. Os cubanos são as atrações nesta especialidade, embora o brasileiro Jadel Gregório, vice-campeão em Osaka 2007 esteja confirmado. Alexis Copello, número 3 do Ranking, é medalha de bronze no Campeonato Mundial de Berlim 2009, com 17,36 m, e medalha de prata na Copa Continental, em Split 2010, com os mesmos 17,36 m. Seu recorde pessoal é 17,65 m, de 2009.

Já Arnie David Girat, número 5 do Ranking, ganhou medalha de bronze no Mundial Indoor, em Doha 2010, com 17,36 m, e prata em Valência 2008, com 17,47 m. Finalista olímpico em Pequim 2008 (4º). Tem como melhor marca 17,62 m. Já Yoandris Betanzos ganhou prata no Mundial Indoor de Doha 2010, com 17,69 m, bronze em Moscou 2006, com 17,42 m, e bronze em Budapeste 2003, com 17,36 m. Em Mundiais Outdoor ganhou prata em Helsinque 2005, com 17,42 m, e Paris 2003, com 17,28 m. Em 2010 saltou 17,22 m, e ficou na nona colocação no Ranking da IAAF. Seu recorde pessoal é 17,69, de 2009.

A prova terá ainda o cubano Osniel Tosca (n. 16), o norte-americano Kenta Bell (n. 23), o haitiano Samyr Laine (n. 25), além dos brasileiros Hilton da Silva (n. 29) e Jefferson Sabino (n. 37).

O norte-americano Walter Davis não está ranqueado, mas é uma das atrações. Ele foi campeão mundial em Helsinque 2005 e medalha de ouro no Mundial Indoor de Moscou 2006. Ganhou também o triplo na Copa do Mundo de Atenas 2006 e na Final Mundial do Atletismo em Stuttgart 2007. Seus recordes pessoais são 17,71 m (ao ar livre) e 17,73 m (indoor), marcas conseguidas em 2006.

No lançamento do martelo masculino, Dilshod Nazarov, do Tadjkistão, e Igor Sokolovs, da Letônia, farão um belo duelo. Nazarov, número 4 de 2010, com 80,11 m (recorde pessoal), já esteve em Uberlândia em 2009, quando venceu a competição com 79,28 m, recorde do torneio. Já Igor Sokolovs, número 7, com 79,09 m, foi vice-campeão da Final Mundial do Atletismo - WAF 2009 - em Tessalônica, na Grécia. Ele tem como recorde pessoal 80,14 m, marca conseguida no mesmo ano, em Riga. Estão inscritos ainda Mohsen Anani (n. 19), da Tunísia, Kibwe Johnson (n. 22), dos USA e Robert Janet (n. 32), de Cuba.

No lançamento do martelo feminino, sete atletas estão ranqueadas, três entre as dez do mundo: a cubana Ypsi Moreno (nº 5), a alemã Kathrin Klaas (n. 6) e a romena Bianca Perie (nº 9) deverá fazer uma grande disputa. Ypsi é sem dúvida o grande nome. Medalha de prata nas Olimpíadas de Atenas 2004 e Pequim 2008, ela ganhou ouro no Mundial de Edmonton 2001. Estão confirmadas ainda Sultana Frizell (nº 11), do Canadá, Marina Marghiev (nº 12), da Moldávia, Amber Campbell (nº 13), dos Estados Unidos, e Arasay Thondike (nº 23), de Cuba.

Mais Informações no site do GP:
http://www.cbat.org.br/competicoes/gp_brasil/default.asp

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook