IAAF anuncia banimento de quatro oficiais; três são para sempre | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

IAAF anuncia banimento de quatro oficiais; três são para sempre

Lamine Diack, ex-presidente da IAAF; seu filho, Papa Massata Diack, foi banido para sempre da entidade / Foto: Jonathan Ferrey / Getty Images

Rio de Janeiro – A comissão de ética da IAAF (Associação das Federações Internacional de Atletismo, da sigla em inglês) decidiu pelo banimento de quatro de seus oficiais, três deles por toda a vida. Entre esses últimos está Papa Massata Diack, filho do ex-presidente da entidade, Lamine Diack, também consultor da comissão de ética.
 
O ex-presidente, inclusive, foi afastado do cargo no fim do ano passado devido à investigação que protagoniza pelo recebimento de propinas em torno de 1 milhão de euros (aproximadamente R$ 4,5 milhões). O dinheiro serviria para que o dirigente encobrisse casos de doping envolvendo atletas da Rússia.
 
O escândalo de doping levou também ao banimento definitivo de Valentin Balakhnichev, ex-presidente da Federação Russa de Atletismo e também tesoureiro da IAAF e Alexei Melnikov, ex-treinador chefe para corredores de longa distância da Federação. Gabriel Dollé, ex-diretor de doping da entidade, foi impedido de atuar por cinco anos.
 
As suspensões vieram ainda acompanhadas de multas. Valentin e Papa Massata terão que pagar 25 mil dólares, enquanto que Alexei foi punido em 15 mil dólares.
 
No próximo dia 14, a Agência Mundial Antidoping (Wada) deve abalar o mundo do esporte novamente ao publicar um novo relatório sobre testes antidoping feitos na base de dados da IAAF. Haverá ainda entrevista coletiva após a divulgação dos documentos. Informações de bastidores dão conta de que o Quênia é o novo alvo das investigações.
 
Veja Também: 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook