Érica de Sena bate recorde sul-americano com 4º lugar da marcha atlética no Mundial | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Érica de Sena bate recorde sul-americano com 4º lugar da marcha atlética no Mundial

Marchadora da B3 Atletismo melhorou marca continental, que já era dela, e o resultado em Londres será contabilizado para a brasileira na disputa do Circuito Mundial / Foto: Wagner Carmo/CBAt

Londres - Érica de Sena, última integrante da B3 Atletismo a estrear no Mundial de Londres, bateu o recorde sul-americano e conquistou o 4º lugar nos 20 km da marcha atlética neste domingo (13/8/2017). O resultado também será contabilizado para a pernambucana de 32 anos na contagem de pontos do Circuito Mundial da IAAF.
 
Érica superou os 20 km de prova em 1h26min59 - a marca continental anterior, também da brasileira, era de 1h27min18, estabelecida no Mundial de Marcha Atlética de 2016, disputado em Roma (Itália), no qual Érica conquistou a medalha de bronze. 
 
"O objetivo era a medalha e fiquei muito perto. O outro era melhorar minha marca e consegui. Planejei tudo para chegar na minha melhor forma no Mundial", disse Érica, que foi a 6ª colocada no Mundial de Pequim/2015 e a 7ª na Olimpíada do Rio/2016. "A marcha vem evoluindo bastante, é um resultado bom para o Brasil e para a marcha. Espero que as pessoas possam conhecer um pouco mais a modalidade."
 
A marchadora da B3 Atletismo esteve junto do pelotão que liderou a prova ao longo de praticamente todo o percurso, ficando um pouco mais distante no quilômetro final. "Eu poderia muito mais, mas devido às plaquinhas na última volta, eu decidi não arriscar e ser desqualificada. É melhor frear um pouco e chegar mais atrás. Infelizmente, a marcha é assim", disse Érica.
 
As plaquinhas a que Érica se referiu são as advertências que podem ser aplicadas aos marchadores durante a prova. Na marcha, os atletas sempre devem manter um dos pés em contato com o chão. Caso isso não ocorra, o marchador é punido por flutuar. Além disso, o atleta sempre deve manter a perna da frente esticada a cada passada - o joelho flexionado caracteriza uma corrida, não uma caminhada.
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook