Centro Olímpico conquista o bicampeonato | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Centro Olímpico conquista o bicampeonato

Pódio dos 75 m feminino / Foto: Leandro Marchi/CBAtPódio dos 75 m feminino / Foto: Leandro Marchi/CBAt

São Paulo - A Associação Desportiva Centro Olímpico (Adeco), de São Paulo, dominou amplamente o 3º Brasileiro/Caixa Interclubes de Mirins de Atletismo, encerrado neste domingo no Estádio José Carlos Daudt, na Sogipa, em Porto Alegre. Com 26 atletas, a equipe paulistana conquistou o bicampeonato, vencendo as categorias masculina, feminina e geral, somando 243 pontos.
 
A Brasil Foods/ILF, do Rio de Janeiro, terminou em segundo lugar, com 155,5 pontos, seguida da anfitriã Procempa/Sogipa, com 145, de ASA Sorriso, de Mato Grosso, com 80, e da AABLU, de Santa Catarina, com 73 pontos.
 
No último dia de competição, cinco recordes brasileiros da categoria foram quebrados. Destaque para Tyfane Rodrigues Martins (Corgama-DF), de apenas 13 anos, que venceu os 1.000 m, com 2:56.23. O recorde nacional anterior era de Graziele Zarri, com 2:58.92, desde 2011. 
 
Alessandra Silva Candido (Sesi-MG) ficou com a medalha de prata ao completar a prova em 3:03.26, seguida de Fabiana de Matos (AAC-SC), com 3:05.68.
 
Nicole Caroline Barbosa (IEMA-SP) melhorou o recorde do salto com vara, com 3,35 m, superando em 15 cm a marca anterior de Alice Tereza Zucchi, estabelecida há um mês, em Maringá. Thais Lindemayer (Procempa/Sogipa-RS) terminou em segundo lugar, com 3,20 m, enquanto Fadna Campos da Silva, sua companheira de clube gaúcho, ficou em terceiro, com 2,80 m.
 
No salto triplo, Milena Fernandes Lopes (Brasil Foods/ILF-RJ) estabeleceu nova marca ao obter 11,69 m (0.8). O recorde anterior era de Janaína Aparecida Fernandes, com 11,13 m desde 2011. Raiane Padilha Gonçalves (ASA Sorriso-MT) foi prata, com 11,30 (1.0), seguida de Jéssica Sena da Silva (Brasil Foods/ILF-RJ), com 11.24 m (2.0).
 
Maxwell Lucas Oliveira comprovou o domínio do ASA Sorriso-MT no lançamento do dardo. Com 60,41 m, Maxwell quebrou o recorde da especialidade, que era de Fernando Norbal Martins, do mesmo clube, com 60,38 m. A prata também foi para Sorriso, com Igor Ricardo Alves Cardoso, obtendo 55,28 m. Talismar Ribeiro (Asempar-PR) ficou com o bronze, com 51,50 m.
 
No revezamento feminino do 4x75 m, a Adeco-SP melhorou o próprio recorde brasileiro ao vencer a prova em 36.43 (o anterior era de 37.24). As equipes do Sesi-MG (37.43) e da Mangueira-RJ (37.45) completaram o pódio.
 
No salto em distância do pentatlo, Berenice Magalhães de Azedias (Brasil Foods/ILF-RJ) quebrou o recorde do torneio, com 5,46m (1.2), melhorando em 4 cm a marca anterior, de Paloma Nascimento Oliveira, obtida em 2010. Na contagem final, Berenice ficou com a prata no pentatlo, com 4.312 pontos. O ouro foi para Kathelyn Naiara Norberto (Cria Lavras-MG), com 4.368, enquanto bronze ficou com Bianka Gomes de Sá (Adeco-SP), com 4.032 pontos.
 
No lançamento do martelo, Ana Lays Bayer (Corville-SC) melhorou o recorde do torneio, com 46,94 m (o anterior era de 43,69 m de Bianca Brum). Luisa Konzen Reisdorfer (Ivoti-RS) ficou em segundo, com 46,77 m, seguida de Samara Furtado (Corville-SC), com 45,08 m.
 
Outro recorde do campeonato ocorreu no arremesso do peso, com a vitória de Amanda Mera Scherer (AABLU-SC), com 14,41 m, superando os 13,28 m de Jéssica da Silva Almeida, de 2010. Alexandra Maria Pimenta (Clã Delfos-MG) ficou em segundo lugar, com 13,33 m, seguida de Mayara Janelatto de Andrade (Assem-SP), com 12,50 m.
 
No salto triplo, Allison Silveira Moni Pereira (Procempa/Sogipa-RS) melhorou o próprio recorde do torneio ao conquistar o ouro, com 14,05 m - 5 cm a mais do que a marca anterior. Rodolfo Epifanio (Fecam-PR) ficou com a prata, com 14,01 m, Jefferson da Silva Miranda (Ideal Brasil-RJ) ganhou o bronze, com 13,60 m.
 
Carlos Eduardo Schmitz (Procempa/Sogipa-RS) também quebrou o seu recorde do campeonato no salto com vara. Ele saltou 4,10 m - 90 cm a mais do que a marca anterior. Bruno Germano Spinelli (FCTE-SP) terminou na segunda colocação, com 4,05 m, seguido de Micael de Oliveira Cruz (Assem-SP), com 3,80 m.
 
Já a equipe masculina do revezamento 4x75 m da Adeco-SP quebrou o recorde da competição, com 33.08. O anterior era do Brasil Foods/ILF-RJ, com 33.39. Procempa/Sogipa (33.57) e EMFCA-RJ (33,63) também subiram ao pódio.
 
Nas outras provas, as medalhas de ouro foram conquistadas pelos seguintes atletas: 250 m - Maria Letícia Peres (Fecam-PR), com 32.57, 300 m com barreiras - Gabriela Araújo Lopes (Adeco-SP), com 44.70, 250 m - Aliffer Júnior dos Santos (Sinop-MT), com 28.70, pentatlo masculino- Daniel Sigaki de Jesus (Adeco-SP), com 4.224 pontos, 300 m com barreiras - Vítor Henrique Venâncio (Águias Guariba-SP), com 39.02, 1.000 m - Rodrigo Valério Silva (Praia Grande-SP), com 2:32.95, e arremesso do peso - Cléverson Pereira Oliveira (IEMA-SP), com 17,20 m. 
 
Classificação geral final
 
1º Adeco-SP - 243 pontos
2º Brasil Foods/ILF-RJ - 155,5
3º Procempa/Sogipa-RS - 145
4º ASA Sorriso-MT - 80
5º AABLU-SC - 73
6º IEMA-SP - 71
7º Fecam-PR - 70
8º Corville-SC - 68
9º Cria Lavras-MG - 49
10º Clã Delfos-MG - 48
 
Resultados completos no hot site da competição:
http://www.cbat.org.br/competicoes/brasileiro_mirim_inter/default.asp

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook