Caio Bonfim vence 20Km Marcha do Troféu Brasil 2013 | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Caio Bonfim vence 20Km Marcha do Troféu Brasil 2013

 O brasiliense Caio Bonfim (CASO-DF) confirmou seu favoritismo / Foto: Marcelo Ferrelli/CBAt O brasiliense Caio Bonfim (CASO-DF) confirmou seu favoritismo / Foto: Marcelo Ferrelli/CBAt
São Paulo - O brasiliense Caio Bonfim (CASO-DF) confirmou seu favoritismo e venceu na manhã de sexta-feira, dia 7 de Junho, a prova dos 20 km marcha do Troféu Brasil/Caixa de Atletismo 2013, disputada na cidade de Barueri, na zona oeste da Grande São Paulo.
 
Num circuito de 1 km, montado na Rua Guilherme Guglielmo, em frente ao Ginásio de Esportes José Corrêa, Caio liderou toda a prova. Ele completou o percurso em 1:26:19, garantindo o bicampeonato da competição.
 
"Senti um pouco o calor e fiz uma prova mais concentrada para evitar advertência da arbitragem", comentou o atleta, que competiu no sábado passado no GP de La Coruña, na Espanha, conseguindo o quinto lugar, com 1:22:14.
 
O objetivo agora do brasiliense, de 22 anos, é tentar o índice para o Mundial de Moscou no Campeonato Sul-Americano da Colômbia, em julho. "Espero melhores condições climáticas para obter uma marca melhor", o marchador, que busca a marca mínima de 1:21:44.
 
O paulista Mário José dos Santos Junior (BM&FBovespa-SP) conquistou a medalha de prata, com 1:27:57, seguido do catarinense José Alessandro Bagio (AABLU-SC), com 1:29:20.
 
Anderson vence nos 400M - No 400 m, o gaúcho Anderson Henriques (Procempa/Sogipa), qualificado para o Campeonato Mundial, foi o vencedor. Ele completou a distância em 45.64, ganhando o seu segundo título da competição (o primeiro foi em 2011, quando ainda era juvenil).
 
A vitória de Anderson não foi fácil. Ele travou um duelo equilibrado com Pedro Luiz Burmann, seu companheiro de clube e de treinamento em Porto Alegre, que ganhou a medalha de prata, com 45.69. "Saí bem forte e vencer o Troféu Brasil sempre é muito bom", comemorou Anderson, de 21 anos. "Agora é analisar as parciais da prova e ver o que precisa ser melhorado. Estou muito feliz com o tempo e espero ser mais rápido", completou.
 
Pedro também ficou satisfeito com o desempenho. "Corri bem. Foi um dos melhores resultados da minha vida", disse o corredor, que assim como Anderson se classificou para o Sul-Americano da Colômbia, em julho.
 
A participação dos dois atletas na competição, porém, depende de uma reunião do técnico Leonardo Ribas como os dirigentes da CBAt. "Temos a condição de disputar também a Universíada precisam resolver qual seria a melhor alternativa", contou Anderson, referindo-se ao torneio também marcado para julho, em Kazan, na Rússia.
 
Andressa de ouro - No lançamento do disco feminino, Andressa Oliveira de Morais (Pinheiros) foi a campeã com 58,78 m, marca alcançada na sexta e última tentativa. Antes da última rodada de lançamentos, ela estava em segundo lugar, atrás de Fernanda Raquel Borges (BM&FBovespa), que tinha 58,45 m, e que assim ficou com a prata.
 
"O dia estava bom para a prova, mas não acertei um grande lançamento", disse Andressa. "Mas vou domingo para o Senegal, disputo o Meeting de Dakar no dia 12 e aí volto para o Brasil e me preparo para o Sul-Americano (em julho na Colômbia), quero buscar o índice (de 61,23 m) para o Mundial", disse a atleta. A medalha de bronze foi para Lidiane Cansian (Orcampi/Unimed), que lançou a 52,81 m.
 
Elisângela Adriano (BM&FBovespa), de 40 anos, fez sua despedida no Troféu Brasil, que disputou desde 1987. Ela foi a quarta com 50,66 m e fez a premiação das colegas. Em seguida, foi homenageada pela organização do evento e por seu clube, junto com seu treinador de sempre, João Paulo Alves da Cunha.
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook