Brasil obtém duas medalhas no arremesso do peso | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Brasil obtém duas medalhas no arremesso do peso

Darlan Romani no Sul-Americano / Foto: Oscar Muñoz Badilla / Chile

Rio de Janeiro - O arremesso do peso deu na manhã deste sábado (dia 13) mais duas medalhas para o Brasil na disputa da 49ª edição do Campeonato Sul-Americano Adulto de Atletismo, que termina neste domingo (14) no Estádio La Videna, em Lima, no Peru. Darlan Romani ficou com a medalha de prata, com 20,32 m, seguido de Nelson Henrique Fernandes, com 18,28 m.
 
Os brasileiros, convocados para o Pan-Americano de Toronto, em julho, no Canadá, esperavam marcas melhores. Darlan, por exemplo, lamentou o aquecimento ter sido feito num lado da pista e o local ter mudado por um problema no equipamento. "O anteparo soltou e tivemos de mudar de área. A definitiva estava muito lisa e não deu a aderência necessária", comentou Darlan, recordista brasileiro com 20,90 m, qualificado também para o Mundial de Pequim, na China, em agosto.
 
Apesar de chateado, Darlan acredita que pode melhorar seus resultados e buscar superar a barreira dos 21 metros ainda neste ano. "Vou participar de um camping de treinamento a partir do dia 23 em Portugal e de lá seguimos para o PAN. A tendência é evoluir", completou o atleta, que curte o nascimento de sua filha Alice, dia 28 de maio, fruto de seu casamento com a saltadora com vara Sara dos Santos.
 
O campeão da prova foi o argentino German Lauro, que obteve o melhor resultado pessoal da temporada, com 20,77 m.
 
No salto em distância, Tania Ferreira conquistou a sua segunda medalha de prata. Após obter 13,60 m (1.9) no triplo na sexta-feira, ela saltou 6,37 m (2.9) nesta manhã. "Estava um pouco cansada, mas fico feliz com os resultados", comentou. A vencedora da prova, para a alegria dos torcedores na arquibancada, formada na maioria por estudantes, foi a peruana Paula Mautino, com 6,52 m (3.2).
 
No lançamento do martelo, Carla Michel terminou na quarta colocação, com 63,24 m, melhor marca do Ranking Brasileiro de 2015.
 
Nos 20.000 m marcha, Erica Rocha de Sena foi desqualificada depois de 30 voltas na pista. "Fiz várias provas este ano sem levar falta. Aqui, infelizmente, fui tirada da competição", lamentou a atleta, convocada para o PAN de Toronto e qualificada para o Mundial de Pequim.
 
Após oito provas do decatlo, Luiz Alberto de Araújo manteve a liderança. Ela soma 6.561 pontos. Já no heptatlo, com duas provas disputadas, Giovana Cavaleti assumiu o primeiro lugar, com 1.739 pontos.
 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook